Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Equipes de futebol oferecem instalações no combate ao coronavírus

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Grandes times do futebol brasileiro estão colocando a camisa da solidariedade em meio ao avanço do covid-19 no país. Botafogo, Corinthians, Santos, Athletico-PR e Cruzeiro já colocaram a estrutura física dos clubes a disposição dos órgãos públicos para cuidar da saúde da população.

Em nota, o Corinthians oferece o Parque São Jorge, o Centro de Treinamento Doutor Joaquim Grava e a Arena Corinthians para que as autoridades de São Paulo avaliem de que forma poderão ser utilizadas no combate ao avanço da doença.

Santos e Cruzeiro também adotaram a mesma atitude através de comunicados oficiais. O time da Vila Belmiro chegou a propor a montagem de um hospital provisório em seu Salão de Mármore. O Atlhetico-PR recordou que a “reforma da Arena teve a participação de recursos da Prefeitura de Curitiba e do Governo do Paraná, em um acordo tripartite com o clube, que cumpre neste momento sua responsabilidade social e reforça o compromisso com os poderes públicos e o povo do Paraná”.

Na Zona Norte do Rio de Janeiro, o estádio Nilton Santos, concedido pela Prefeitura do município até 2031 ao Glorioso, também está pronto para o combate à pandemia.

“O Botafogo tem se posicionado institucionalmente sempre com grande preocupação sobre o avanço do novo coronavírus”, disse o coordenador de Comunicação do clube, Julio Gracco, frisando que o alvinegro carioca foi um dos favoráveis a paralisar o Campeonato Carioca de forma imediata para preservar atletas, comissão técnica, funcionários e torcedores colaborando para frear a pandemia. Todas as sedes botafoguenses estão fechadas e sem atividades.

pt Português
X
Open chat