Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Solidariedade para o bem de Arthur

Foto: Arquivo Pessoal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 

O Dia Internacional do Voluntário (ou Dia Internacional do Voluntariado) é celebrado anualmente em 5 de dezembro. Esta data foi criada com o intuito de desenvolver o espírito de solidariedade nas pessoas, que são convidadas a colaborar com o desenvolvimento sustentável do planeta a partir de inúmeras ações. O Dia do Voluntário foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) desde 1985. E para celebrar este dia, trazemos a história do menino Arthur.

O nome Arthur tem alguns significados como “nobre”, “corajoso” e “forte”. E força é o que o Arthur Rocha, de 4 anos, portador da microcefalia, já tem desde novo. Sua mãe, Ellen Rocha, 26 anos, descobriu no sexto mês de gravidez, por meio da ultrassonografia, que seu filho tinha microcefalia, condição em que o perímetro encefálico é menor do que o considerado normal, havendo atrasos no desenvolvimento cerebral. “Ali meu mundo desabou, pois em todo o momento os médicos falavam que meu filho não iria sobreviver. Meu maior medo não era de ter um filho especial e sim de perder meu bebê”, comenta Ellen.

Conhecendo a história do menino, o Jornal Diário do Rio, mobilizou, junto com Ellen, uma vaquinha virtual para poder ajudar a suprir algumas necessidades básicas do Arthur. Ele precisava de uma nova cadeira de rodas, pois a que estava não era apropriada para ele e o machucava bastante. Também precisa de um estabilizador vertical. A meta é arrecadar R$ 7.000,00, e com a ajuda de algumas pessoas, já foram arrecadados R$ 4.800,00.

ONG doa cadeira de rodas

Além da ajuda através da vaquinha virtual, tivemos a grande contribuição da ONG Associação Voluntária Amigos da Solidariedade (AVAS), que doou uma cadeira de rodas para o Arthur, contribuindo assim para uma melhora de vida para o menino.

A presidente da ONG, Angela Campos, conta como foi poder ajudar Arthur. “Nesses 41 anos de trabalho social voluntário, temos ajudado dezenas de pessoas com necessidades especiais. Nossa secretária, Marcia Nakashima, colocou o anúncio da doação da cadeira, e uma jovem fez contato comigo perguntando sobre. E imediatamente nos colocamos à disposição da família do Arthur e do jornal, para fazer para a cadeira chegar aos seus pais. O Arthur é uma criança adorável e linda, todos ficaram muito felizes por poder ajudar o Arthur e sua família, com a doação desta cadeira especial”.

Na foto está os pais de Arthur junto com a Ângela (de azul) Foto: Arquivo Pessoal

A madrinha do Arthur, Amanda Collaça, também comentou sobre a campanha e toda ajuda ao menino. “Para mim, essa campanha tem uma importância imensurável. Arthur é como se fosse um filho para mim e como toda mãe não mede esforços para ver seus filhos bem, assim sou com ele. Tudo que for pra melhoria e bem estar dele, tento de uma forma ajudá-lo. Sou e serei eternamente grata pela vida da Dra. Ana Cristina (diretora do Diário do Rio) e de todos do jornal, que estão me ajudando nessa luta”. A vaquinha continua para quem quiser ajudar o menino Arthur.

Link do site para contribuir: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-a-conseguir-uma-cadeira-de-rodas-nova-para-o-arthur-jornal-diario-do-rio

Por: Luhan Alves
*Estagiário, com supervisão de Claudia Mastrange

pt Português
X
Open chat