Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Movimento Gigantes da Enfermagem se reúne com deputados em Brasília

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 

Os diretores do grupo movimento nacional Gigantes da Enfermagem Carlos Kafezinho, do Rio de Janeiro, e Adelaide Alves, de São Paulo, reuniram-se, nesta terça-feira (26), em Brasília, com os deputados federais Leda Sadala (Avante-AP) e Luiz Carlos (PSDB-AP). O objetivo do encontro foi pedir apoio dos parlamentares à votação do projeto de lei n° 2564/2020, que visa estabelecer o piso salarial nacional para enfermeiros graduados, um piso de 70% do valor para auxiliares de enfermagem e parteiras, de 50%. Todos com jornada de trabalho semanal de 30 horas.

“Agradecemos a disponibilidade da deputada Leda Sadala e do deputado Luiz Carlos. Ficamos satisfeitos porque estamos levando daqui muitos esclarecimentos para nossas bases em todo o Brasil”, disse Carlos Kafezinho. Adelaide Alves considerou o encontro muito positivo. “conquistamos o total apoio dos deputados ao projeto que só vai favorecer a enfermagem de todo o Brasil”, avalia Alves.

O movimento nacional Gigantes da Enfermagem foi criado em 12 de maio de 2020 e visa chamar atenção da sociedade e de senadores e deputados federais para a votação dos projetos de leis trancados no congresso Nacional PL 2564 /2020, Senado Federal; e PL 459/2015, na Câmara dos deputados.

“Entre os benefícios para a categoria estão a criação de piso salarial nacional para enfermeiros, técnicos em enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras. Além da redução de jornada de trabalho para 30 horas semanais”, explica Kafezinho. Ele completa dizendo que a aprovação dos projetos de lei vai contribuir para a valorização de mais de 2 milhões de profissionais de enfermagem em todo o país.

Foto: Divulgação

pt Português
X
Open chat