Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Deputado Daniel Silveira é preso pela Polícia Federal

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 

O deputado  Daniel Silveira (PSL))  foi preso pela Polícia federal no fim da noite desta terça-feira (16 por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do STF . O parlamentar divulgou vídeo com apologia ao AI 5, instrumento de repressão mais duro da ditadura militar, e defendendo a destituição de ministros do Supremo Tribunal Federal, o que é inconstitucional.

Daniel Silveira oi preso em Petrópolis, na região serrana do Rio e encaminhado à sede da Polícia Federal, na Praça Mauá. Em nota divulgada por sua assessoria na manhã desta quarta-feira (17), o deputado  afirma que ele não cometeu crime, sob a alegação de que palavras de parlamentares são invioláveis.

Na decisão, o ministro Alexandre Moraes definiu que o mandado deveria ser cumprido “imediatamente e independentemente de horário por tratar-se de prisão em flagrante delito”. O ministro entendeu que, como o vídeo permanecia no ar e era replicado nas redes sociais, havia flagrante permanente  e também determinou que não cabe fiança nesse caso.

Moraes determinou ainda que o YouTube retire o vídeo do ar, sob pena de multa diária de R$ 100 mil, e ordenou que a polícia armazene cópia do material. A decisão deve ser analisada pelo plenário do STF na sessão desta quarta-feira.

Fotos: Reprodução TV

pt Português
X
Open chat