Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Empresa que vendia R$ 500 mil em equipamentos de internet furtados é fechada pela polícia

Polícia do Rio divulgou números menores de violência (Foto: Polícia Civil RJ)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Uma empresa que vendia mais de R$ 500 mil em equipamentos furtados de operadoras de internet foi descoberta e fechada pela polícia no bairro Várzea, em Teresópolis, Região Serrana do Rio. Dois empresários foram conduzidos para as delegacias, prestaram depoimentos e responderão por receptação qualificada.

Segundo os agentes, os equipamentos apreendidos são de propriedade das empresas Huawei, Oi, Tim e Vivo, específicos para a transmissão de dados de internet e de distribuição exclusiva para essas marcas, não sendo comercializados no mercado.

O material foi encontrado na sede da empresa de revenda de produtos tecnológicos, que funcionava em um shopping em Teresópolis. A polícia não divulgou o nome da empresa e nem dos empresários.

De acordo com as investigações, alguns dos equipamentos adquiridos por operadores de internet, que prestam serviços em cidades do interior do Brasil, chegam a valer R$ 60 mil e são utilizados para aumentar a potência de transmissão de dados de fibra ótica.

A ação aconteceu após um trabalho integrado de inteligência e investigação e contou com policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos de Carga (DRFC) e da Delegacia de Defesa dos Serviço de Delegados (DDSD). A empresa foi fechada na segunda-feira (22).

pt Português
X
Open chat