Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Binho Simões na trilha do sucesso

Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 

“Te Perdoei Antes” é o single de lançamento de Binho Simões no mercado musical com as bênçãos e a primeira produção musical do cantor Dilsinho. “Ele sempre foi uma inspiração pra mim. E poder ter ele como meu produtor é o máximo. Estou muito feliz porque esse é o pontapé do trabalho com um cara que representa muito na minha carreira”, revela Binho.

Composta por Rodrigo Oliveira, Cleitinho Persona e Elizeu Henrique, a música ganhou clipe com ares de superprodução, gravada em uma mansão em Santa Tereza, no Rio de Janeiro. “Esse é o terceiro clipe que gravo, mas, com toda essa infraestrutura, é a primeira vez. Vou trocar de roupa cinco vezes”, contou o artista.

Mesmo sendo um estreante no mercado profissional, Binho Simões possui números que impressionam: seus vídeos no YouTube já somam mais de 20 milhões de visualizações; só a música “Mil Flores” conta com mais de 8 milhões de views; e a música “Genro Preferido” foi a música que mais tocou em 2020 e já está com quase 6 milhões de views e mais de 850 mil streams no Spotify. E, em dezembro de 2020, Binho Simões fechou o ano com 57 mil ouvintes mensais.

“Não é todo dia que você ouve do seu ídolo: ‘me vejo em você no início da minha carreira’. E acho que ele ficou feliz com o resultado da nossa parceria. Logo que comecei a cantar, eram sempre as canções românticas dele que eu mais gostava de apresentar nos meus shows”, revela emocionado o artista.

E o ano de 2021 promete para Binho. Além de “Te Perdoei Antes”, mais 7 faixas já estão prontas. Duas delas com feats mais que especiais: Dilsinho e PK. “E tem composição com o Dilsinho também.

 

Criança de talento

Fábio Pecini Simões, ou melhor, Binho Simões, é nascido e criado no bairro de Jardim Bangu,a zona oeste do Rio de Janeiro. Seu interesse pela música surgiu aos 9 anos no coral da igreja que frequentava.

O que antes era um simples hobby, acabou mudando e despertando atenção de empresários e produtores de evento.  Não demorou muito para que o jovem cantor de 21 anos, colecionasse elogios e fãs, além de uma agenda com média de 30 shows por mês.

pt Português
X
Open chat