Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Educação nos transportes públicos em tempos de pandemia

Foto: Fabiano Rocha
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 

Já se passou mais de um ano da pandemia e aqui no Rio de Janeiro já são mais de 24 mil mortos, contando desde o início. E mesmo assim muitas pessoas continuam descumprindo as regras básicas para combater a Covid-19. E nos transportes públicos, esse desrespeito fica bem claro. Já não basta toda a aglomeração dentro dos veículos, muitos passageiros usam máscaras no queixo, outras abaixo do nariz e há também aqueles que nem usam, indo totalmente contra as medidas da Organização Mundial da Saúde (OMS) e colocando a vida dos outros e até de seus familiares em risco.

Cabe ao Governo e a Prefeitura do Rio de Janeiro, intensificar a fiscalização dentro dos transportes públicos quanto ao uso da máscara e conter a aglomeração. O ideal seria diminuir os intervalos nos coletivos e colocar mais carros para circulação, principalmente nos horários de pico. A OMS recomenda também que as pessoas evitem tocar os olhos, a boca ou o nariz, pois são a porta de entrada para o vírus. Assim como cobrir a boca com a parte de dentro do cotovelo ao tossir e espirrar.

pt Português
X
Open chat