Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Praias proibidas no Rio

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 

Novas medidas publicadas hoje no Diário Oficial determinam a proibição do acesso às praias para conter o avanço da Covid na cidade. A decisão faz parte do pacote de medidas restritivas implementadas pela Prefeitura do Rio de Janeiro e está sendo explicada em entrevista coletiva à imprensa pelo Prefeito Eduardo Paes, nesta sexta-feira (19).As regras se somam às do decreto publicado há uma semana e, a princípio, valem somente para este fim de semana — da 0h de sábado (20) até as 5h de segunda-feira (22).

Proibições:

  • Ficar na areia da praia;
  • Praticar esportes na praia;
  • Tomar banho de mar;
  • Comércio e serviços na praia, incluindo ambulantes;
  • Entrada de ônibus e vans fretados na cidade, exceto de hotéis;
  • Estacionar na orla.
Prefeito Eduardo Paes anuncia novas medidas restritivas: praias e ônibus fretados estão proibidos (Foto: Reprodução TV)

Quiosques podem abrir normalmente, mas as ás áreas de lazer da orla não vão funcionar no domingo.. É proibido permanecer nas areias em qualquer horário, inclusive para a prática de esportes, o banho de mar e o exercício de qualquer atividade econômica, como o comércio ambulante.

A entrada de ônibus e outros veículos de fretamento na cidade também está proibida, com a exceção dos que prestam serviços regulares para os funcionários de empresas ou para hotéis. Neste último caso, os passageiros devem confirmar a reserva de hospedagem.

Fica proibido também  estacionar na orla, exceto para os moradores, idosos, portadores de necessidades especiais, hóspedes de hotéis e táxis.

As áreas de lazer nas pistas das avenidas Delfim Moreira, Vieira Souto e Atlântica, além do Aterro do Flamengo, também estão suspensa.

Foto: Tomaz Silva/ABr

pt Português
X
Open chat