Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Dia de São Jorge: bombeiros prestam homenagem ao Santo Guerreiro no Rio

Bombeiros prestam homenagens a São Jorge no Rio. (Foto: Divulgação)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) recebeu nesta sexta-feira, Dia de São Jorge,  a imagem do santo padroeiro dos militares e do estado do Rio. As comemorações incluíram fogos, toque de Alvorada, missa e carreata por nove bairros da capital fluminense.

Em homenagem à data, a corporação realizou, ainda, uma breve demonstração profissional na Praia de Copacabana, com apoio de helicóptero e motos aquáticas.

“São Jorge é de grande importância para nós, militares. Independente de credo, ele representa aquele que combate o bom combate. Estamos aqui para renovar a nossa fé para continuidade da nossa jornada, que é cheia de desafios. Quem vai a São Jorge busca proteção, esperança e confiança na abertura de caminhos. Analogamente, a população vem ao Corpo de Bombeiros em busca de esperança. Que Deus, por intermédio do padroeiro, nos dê coragem e fortaleça nossa jornada”, disse  o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Leandro Monteiro.

Tributos começaram às 6 horas, com queima de fogos. (Foto: Divulgação)

Os tributos começaram às 6 horas, com queima de fogos no 3º Grupamento Marítimo (3º GMar), em Copacabana. Após o toque de Alvorada do alto da escada mecânica, o arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, presidiu missa em homenagem a São Jorge e abençoou a imagem do santo.

“São Jorge é inspirador para a força que o carioca tem para vencer obstáculos. Peço a Deus que a celebração possa inspirar os militares, em especial, a ter coragem para enfrentar tempos difíceis e a todas as outras pessoas”, afirmou o arcebispo. O outro santo padroeiro do estado do Rio é São Sebastião.

A carreata em direção ao Quartel Central ocorreu em seguida, percorrendo 13 quilômetros em carro aberto do Corpo de Bombeiros. Na chegada ao Casarão Vermelho, nova queima de fogos, execução de repertório popular pela Banda Sinfônica e uma chuva de pétalas.

pt Português
X
Open chat