Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Looks iguais diferenciam o charme e estilo do SoulBlack

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Estilo é assunto que faz toda a diferença na vida de um artista e em sua aceitação com o público. É uma maneira de aproximar os fãs e, claro, de ditar tendências. Muitos cantores são facilmente reconhecidos por suas escolhas na hora de compor um look e é justamente nisto que aposta a banda SoulBlack.

Conhecidos por se vestirem de maneira igual, a banda apresenta um estilo básico, minimalista e urbano.

“A ideia de usarmos a mesma roupa surgiu para demonstrar igualdade e nossa união. Qualquer um que olhar para nós, mesmo sem saber o trabalho que fazemos com a banda, assimilará de cara que temos algum vínculo e conseguirá ver os cinco de forma igualitária”, conta Biel Almeida, percussionista e fundador da banda.

Conhecidos como o novo Samba Black, o SoulBlack nasceu na zona leste de São Paulo, em agosto de 2013.

O gosto pela moda foi um fator determinante para esse modo único de se vestir, que é a marca registrada do grupo, uma maneira que eles encontraram de explorar um outro lado da arte.

“Não temos stylist, compramos roupas juntos, estamos sempre pesquisando looks bacanas que combinam com o nosso estilo, gostamos muito de moda”, conta o vocalista G Allves.

Os acessórios são indispensáveis na hora de escolher o look. O grupo investe em camisetas básicas, deixando a parte “ousada” da composição para os tênis e acessórios. Dessa forma, bonés, relógios, pulseiras, colares, brincos e piercings estão sempre presentes.

“Independentemente das peças, nós prezamos conforto, estilo e qualidade”, afirma o também vocalista e percussionista Léo Ébano.

A banda foi criada com referências em grupos de pagode dos anos 90, Black Music, MPB e samba de raiz. O grupo tem como grande diferencial a mistura de ritmos mesclando a música popular brasileira, com elementos da música americana, sem tirar a essência do samba. Com mais de 7 anos de estrada, o grupo conquistou mais de 600 mil seguidores nas redes sociais e hoje comemora uma de suas melhores fases.

Em 2017, aconteceu o primeiro show com camisetas iguais, na cidade de Limeira. As roupas iguais dos pés à cabeça tiveram um feedback positivo do público também em 2019, durante a gravação primeiro clipe “Hey”. Quando questionados sobre referências na moda, o violinista e guitarrista, Ivanzinho Moura já se adianta e diz:

“Bruno Mars e Banda Zapp. Sim, são nomes muito diferentes, mas o nosso estilo é assim, único e variado”.

Foto: Augusto Wyss (Wyzz Brazil)

pt Português
X
Open chat