Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Planetário do Rio reabre ao público com exposição de meteoro de 2 toneladas e outras novidades

Meteorito Santa Luzia é atração do Planetário da Gávea. (Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

A Fundação Planetário do Rio reabriu as portas ao público no último dia 15 de maio com muitas novidades, sendo algumas que, literalmente, vieram do espaço. Pela primeira vez, o local receberá um acervo original: um conjunto de meteoritos, entre eles o segundo maior do país – o Santa Luzia – cedido pelo Museu Nacional.

É uma grande oportunidade para que cariocas e turistas que não conhecem ainda o espaço possa visitá-lo, respeitando, claro, todas os protocolos de segurança. Inaugurada em 19 de novembro de 1970, a Fundação Planetário se dedica a difundir Astronomia e ciências afins e oferecer cultura e lazer de qualidade à população carioca e aos demais visitantes. O espaço fica localizado na Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100 – Gávea.

O Santa Luzia tem cerca de duas toneladas e caiu no estado de Goiás cerca de 100 anos atrás. O meteorito foi uma das peças que resistiram ao incêndio ocorrido no Museu Nacional do Rio de Janeiro, no ano de 2018. “O novo xodó do Planetário poderá ser visitado gratuitamente todos os dias e será um motivo a mais para os nossos convidados viverem a experiência Planetário”, destacou o Presidente da Fundação Planetário do Rio, Gledson Machado. “É uma verdadeira oportunidade de o público tocar em um extraterrestre”, brincou.

Planetário reabriu ao público com muitas novidades. (Alexandre Macieira/Prefeitura do Rio)

Em sua reabertura, o Planetário inaugurou também outra atração para o público: a exposição “A Astronomia na Arte Rupestre em Minas Gerais”, com fotos de Gustavo Villa.

Há novidades ainda nas sessões de cúpula, grandes atrações do equipamento cultural. O público pode conferir exibições com a presença de um dos astrônomos da Fundação ao vivo, mediando a sessão “O Céu do Rio de Janeiro”. Além das sessões ao vivo, o Planetário exibe as sessões infantis “Uma Aventura no Planetário” e “Brincando Entre Estrelas”. Segundo a prefeitura, tudo está rigorosamente dentro dos protocolos sanitários recomendados para o enfrentamento à Covid-19.

Para conferir a programação do espaço, basta acessar o site da Fundação (planeta.rio). Na página, também é possível fazer uma visita virtual a espaço.

Funcionamento e protocolos

O parque funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h. Aos sábados, as visitações acontecem de 10h às 17h, e aos domingos de 13h30 às 17h. A entrada no parque é gratuita. Já as sessões funcionam aos sábados (de 10h às 12h e das 13h30 às 17h), domingos (das 13h30 às 17h). Os ingressos das sessões de cúpula (incluindo visita ao Museu) custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada).

Entre os protocolos adotados como forma de evitar a proliferação da Covid-19, o espaço adota a limitação do número de ingressos disponibilizados e a venda das entradas acontece somente pela internet. A utilização de máscara no espaço é obrigatória e todas as pessoas terão a temperatura aferida na entrada através de termômetro digital. O local também disponibiliza álcool gel e sabonetes estão disponíveis para a higienização das mãos.

pt Português
X
Open chat