Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Procon-RJ faz mutirão para negociar dívidas entre clientes e a concessionária Naturgy

Foto: Divulgação/Governo do RJ 
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O Procon do Estado do Rio de Janeiro irá promover um mutirão virtual com a Naturgy, a fim de ajudar os cidadãos fluminenses a regularizar débitos dos serviços essenciais com a concessionária.

Aqueles que estão inadimplentes com a concessionária de energia elétrica há mais de 30 dias poderão participar. As inscrições estarão abertas entre os dias 1º e 7 de junho. Para participar, basta preencher o formulário no link: https://forms.gle/Z1nzdqpomcWbNioR6.

Pela primeira vez, a empresa se comprometeu com o Procon-RJ a realizar as negociações sem que seja necessário o pagamento de entrada, juros e multa.

Além disso, as dívidas poderão ser parceladas no mínimo em até 12 vezes, dependendo do caso. A Naturgy está presente em cerca de 50 municípios do estado do Rio de Janeiro. Segundo a empresa, mais de 260 mil usuários estão inadimplentes. O evento será virtual a fim de evitar aglomeração e propagação do coronavírus.

As negociações do mutirão acontecerão entre os dias 7 e 21 de junho por intermédio de um servidor do Procon que acompanhará como mediador, observando o direito do consumidor e as condições do acordo.

“Estamos buscando maneiras de ajudar os moradores e comerciantes do estado que estão passando por problemas financeiros nesse momento difícil gerado pela pandemia. O mutirão é uma forma rápida, eficiente e muito vantajosa para os consumidores quitarem os débitos em condições imperdíveis, jamais propostas anteriormente pela Naturgy. O mutirão nessas condições foi muito bem recebido pela empresa, demonstrando um espírito de compreensão de toda dificuldade financeira que os consumidores atravessam nesse momento”, disse o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

pt Português
X
Open chat