Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Streamer: moniquefps

Foto: Arquivo pessoal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O cenário de eSports não é ligado somente aos competitivos dos games, mas também ao entretenimento deles. E nada mais poderia definir isso como o serviço de stream, ou, para melhor entender, lives. É importante também ressaltar que não é apenas um conteúdo para fins de divertimento, mas também para trabalho, como uma bela ferramenta para criação de conteúdo. E hoje quero apresentar para vocês a streamer moniquefps.

Monique Pádua Pereira, tem 25 anos, mora em Ribeirão Preto, São Paulo, e é formada em Ciências Biológicas. Sua plataforma de stream é a Twitch, jogando principalmente Call of Duty: Warzone. Monique sempre teve contato com os jogos desde pequena e, com a influência de sua mãe, teve grandes incentivos para ingressar no cenário.

Seus primeiros contatos foram nos consoles: começou no Mega Drive e foi até o Xbox 360. Posteriormente, migrou para o PC, onde começou a jogar online, como: CS:GO e Call of Duty: Black Ops 2. Hoje em dia, é focada no cenário do Call of Duty, no qual faz stream e ainda gosta de acompanhar tudo o que acontece no mundo do Counter Strike, pois ela é uma torcedora nata dos times brasileiros desde que eles disputavam fora do Brasil.

Fiz umas perguntinhas para a Monique, para você conhecê-la mais um pouco.

Quando e por que começou a fazer stream?

Monique: Comecei a fazer stream em 2015. Inicialmente, as lives aconteceram porque algumas pessoas que me conheciam dos servers de CoD BO2 me incentivaram a criar conteúdo pro Youtube, mas eu fazia pouquíssimas vezes principalmente por conta da péssima internet que tinha em casa. Levar as lives como algo sério só foi acontecer no início da pandemia em março de 2020.

O que você acha da plataforma em que trabalha? (monetização, suporte, jogos, benefícios…)

Monique: A Twitch é a melhor plataforma de stream, sem dúvidas. Já tive alguns problemas com relação ao suporte, mas no geral ela atende muito bem ao que se propõe. O que mais gosto é que tem várias maneiras das pessoas te ajudarem financeiramente, atualmente eles adicionaram pagamento por PIX que facilita muito pros viewers que querem contribuir para live.

Fora o game que você faz stream, qual o jogo que você mais gosta de assistir?

Monique: Eu gosto muito de assistir conteúdos de Dead By Daylight, principalmente pelo Youtube. Não é o jogo de tiro que estou acostumada, mas é muito divertido.

Se você pudesse jogar um jogo pelo resto da vida, qual seria? E por quê?

Monique: Provavelmente, Call of Duty Black Ops 2 no seu auge. O jogo foi muito importante pra mim em vários quesitos e me ajudou de muitas formas. Nele eu comecei a criar conteúdo e conheci meu namorado com quem estou há mais de 6 anos. Foi o jogo que me viciou e até hoje sou super apaixonada por ele.

Gostou de conhecer a moniquefps? Saiba que ela está sempre ligada na Twitch, e você pode acompanhá-la ao vivo e se divertir. É só acessar: https//www.twitch.tv/moniquefps.

Jonathan Oliveira
Designer gráfico, fotógrafo e diagramador do Jornal DR1
jonathanoliveira@jornaldr1.com.br

pt Português
X
Open chat