Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Covid-19: Prefeitura antecipa calendário e prevê imunizar todos os adultos até o fim de agosto

Paes anunciou a antecipação do calendário de vacinação - Beth Santos/Prefeitura do Rio
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

A prefeitura do Rio anunciou nesta sexta-feira (18) que antecipou novamente o calendário de vacinação por faixa etária e, com isso, agora prevê que todas as pessoas de 18 anos ou mais sejam imunizadas com a primeira dose até 31 de agosto. Pelo cronograma anterior, esta etapa só terminaria no dia 21 de outubro. [Confira abaixo o calendário completo]

O anúncio foi feito pelo prefeito Eduardo Paes, durante a apresentação do 24º Boletim Epidemiológico da Covid-19. Ele também divulgou que a vacinação dos adolescentes, de 12 a 17 anos, será realizada entre os dias 1º e 15 de setembro.

“A primeira boa notícia é que vamos terminar a vacinação de todos os cariocas acima de 18 anos um mês e 21 dias antes do que tínhamos  previsto. Nos meses de julho e agosto, tem a previsão da chegada de muitas vacinas, o que vai nos permitir acelerar quase um dia para cada idade”, afirmou Paes, ao lado do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e do secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

Imunização

Esta semana, o Rio alcançou a marca de metade da população adulta protegida com a primeira dose da vacina: 2.659.145. A meta é chegar aos 90% no final de agosto, número estimado em  5.279.803 pessoas.

O prefeito Eduardo Paes anunciou ainda que gestantes e puérperas sem comorbidades, a partir de 18 anos, também poderão se vacinar contra a Covid-19 na próxima semana, de 21 a 26 de junho. Para garantir as doses, esse grupo de mulheres deve assinar o termo de consentimento. Somente os imunizantes Coronavac e Pfizer serão aplicados nesse grupo, conforme disponibilidade nos postos.

Além da aceleração da aplicação da primeira dose (D1), outra frente de atuação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tem sido a busca ativa por pessoas que não retornaram no prazo para tomar a segunda dose (D2) da vacina. Atualmente, no município do Rio há 79 mil pessoas que descumpriram a data prevista para a D2, o que representa 4% dos que já atingiram esse prazo.

É fundamental que a população não perca a data de retorno (anotada a lápis no comprovante da D1), pois somente com o esquema vacinal completo, de duas doses, é possível garantir a eficácia da imunização. Quem estiver com a D2 em atraso deve retornar ao local de vacinação onde tomou a D1, o quanto antes, para completar a proteção contra a Covid-19.

Até a manhã desta sexta-feira (18/06), 2.659.145 pessoas haviam tomado a primeira dose (D1) da vacina contra Covid-19 no Rio, representando 50% da população carioca elegível para a vacinação (a partir de 18 anos). Desse total, 973.935 completaram o esquema vacinal, recebendo também a segunda dose do imunizante.

Postos de vacinação

A SMS disponibiliza 280 pontos de vacinação em toda a cidade, funcionando de segunda-feira a sábado, para facilitar o acesso da população à vacina. A lista desses pontos, seus horários de funcionamento, o calendário de vacinação e mais informações sobre grupos prioritários, documentos, etc. estão disponíveis em coronavirus.rio/vacina e nas redes sociais da SMS. Neste sábado (19/06), haverá repescagem da vacinação para pessoas com deficiências, trabalhadores da saúde e para quem tiver 50 anos ou mais.

Confira o calendário de vacinação do Rio:

pt Português
X
Open chat