Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Lions Clube RJ realiza cerimônia de encerramento do Ano Leonístico e anuncia mudança na presidência

Foto: Alan Alves
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O Lions Clube Rio de Janeiro realizou no sábado (10) cerimônia para marcar o encerramento do Ano Leonístico, que corresponde ao ano civil americano (que começa em 1º de julho e termina em 30 de junho), e anunciou mudança na presidência da organização.

A cerimônia aconteceu na sede do Clube Golfe Olímpico, localizado na Avenida General Moisés Castelo Branco, na Barra da Tijuca. Os convidados, integrantes do grupo, autoridades e simpatizantes, participaram de um almoço festivo, com direito a música ao vivo com o cantor e produtor musical Rodolfo Amorim, com sax, violão e voz.

O Lions Clube Rio de Janeiro faz parte do Lions Clubs International, organização de clubes de serviço cujo objetivo é promover o entendimento entre as pessoas em uma escala internacional, atender a causas humanitárias e promover trabalhos voltados a comunidades locais. Há clubes em 210 países, com 1,5 milhão de membros.

A atual presidente do Lions Clube Rio de Janeiro, Lenora Cavalieri, no cargo desde a fundação da associação, em março de 2021, dará lugar a Carlos Favoreto, que assume a partir de agosto.

“O Ano Leonístico terminou no mês passado e agora que estou saindo, mas continuo com presidente imediata, como fundadora. Encerramos aqui um ciclo com vários serviços realizados. São muitas ações já feitas aqui em comunidades do Reio de Janeiro: feiras de saúde, doações de livros, doações de alimentos, muita coisa. Tivemos a ideia de criar esse grupo, que reúne empresários de vários ramos, para tirar um tempo para trabalhar, arregaçar as mangas nesse serviço voluntário”, destacou Lenora.

Para a escolha do novo presidente, Lenora disse que houve uma reunião da atual diretoria.

“Sempre acontece assim: nossa diretoria se reune para o melhor proveito do clube e analisa o perfil de quem estiver interessado, porque não é brincadeira, tem que ter disposição, tempo e coragem. Trabalhar pelo social requer isso”, afirma.

pt Português
X
Open chat