Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Quadrilha ataca agências bancárias e faz moradores reféns em Araçatuba (SP)

Agência do Banco do Brasil ficou destruída em Araçatuba (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Da Redação com Agência Brasil

Três agências bancárias foram atacadas por criminosos fortemente armados na região central de Araçatuba (SP), no início da madrugada de segunda-feira (30). Segundo a Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-SP), estão em andamento buscas para localizar os criminosos. Três pessoas foram mortas durante a ação dos bandidos e seis ficaram feridas, quatro em estado grave.

Unidades territoriais da Polícia Militar de Araçatuba, com o apoio de equipes de Bauru, São José do Rio Preto e Presidente Prudente, além do Águia e da Polícia Civil, participam das diligências.

As forças de segurança já conseguiram deter dois suspeitos de participar da ação. Uma equipe do Grupo de Ações Tática Especiais (Gate ) também está em deslocamento para o município.

A Polícia Militar de Araçatuba disse que pelo menos duas agências bancárias tiveram seus caixas danificados por ação de explosivos e que outras agências foram alvos de disparos de arma de fogo.

Durante a fuga, os veículos utilizados na ação foram deixados para trás com farta munição e armas de grosso calibre, entre elas fuzis calibre .50 e 7.62 mm, além de “miguelitos”, que são artefatos de metal utilizados para furar pneus de veículos.

Segundo a PM de Araçatuba, ainda não há um número exato de suspeitos, “mas estima-se que a ação tenha contado com pelo menos 15 deles no centro da cidade”.

Com a intenção de isolar a cidade, os infratores incendiaram veículos nas pontes do Rio Tietê, em Buritama, e Santo Antônio do Aracanguá. Também incendiaram veículos próximo ao trevo de Guararapes e na praça de pedágio em Glicério, bem como dois veículos no centro de Araçatuba.

A identidade das três pessoas mortas durante a ação criminosa ainda está sendo checada. De acordo com a PM, há informações de que algumas pessoas deram entrada no Pronto Socorro Municipal com ferimentos provenientes de arma de fogo.

Polícia Federal investigará ataque

A Polícia Federal (PF) investigará a ocorrência de ataques a bancos na cidade.Cerca de 380 policiais estão na região do município, no noroeste do estado, para localizar os criminosos que atacaram duas agências bancárias no centro da cidade. Com apoio de equipes de Bauru, São José do Rio Preto e Presidente Prudente, policiais militares e civis lotados em Araçatuba participam das diligências.

Uma equipe do Grupo de Ações Tática Especiais continua em operação no município para desarmar 16 explosivos em pontos diferentes. Durante a fuga, os veículos usados na ação foram deixados para trás com munição e armas de grosso calibre, como fuzis calibre .50 e 7.62, além de “miguelitos”, que são artefatos de metal utilizados para furar pneus de veículos.

“Os infratores da lei usaram transeuntes que passavam no local como escudo humano para transitar a pé e com os veículos utilizados na ação criminosa e utilizaram drones para monitorar toda a ação, tanto na chegada ao perímetro urbano quanto na fuga para a zona rural. Foram deixados explosivos em pelo menos 14 pontos da cidade, incluindo um caminhão carregado com emulsão em frente a uma das agências atacadas”, informou a PM em nota divulgada à imprensa.

pt Português
X
Open chat