Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Banda musical da Guarda Municipal do Rio abre ensaios para participação de jovens talentos

Banda da Guarda Municipal do Rio. (Divulgação/Prefeitura do Rio)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

A Banda Sinfônica de Música da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) está abrindo seus ensaios para a população, recebendo jovens talentos da música para tocar com seus integrantes. Os ensaios abertos acontecem sempre às quartas-feiras, a partir das 10h.

Podem participar crianças e jovens que já tenham noção musical e toquem instrumentos de sopro, como flauta, clarineta e saxofone, e de percussão. Os ensaios são abertos também para guardas municipais e parentes que tenham conhecimento musical. No caso do sopro é necessário que as pessoas tragam seus próprios instrumentos.

O agendamento deve ser feito com uma semana de antecedência por meio dos telefones 2976-5967/ 5968. A marcação prévia é necessária para adequação à agenda da banda e também para evitar aglomerações nesse período em que a cidade ainda conta com restrições sanitárias de proteção à vida.

O primeiro ensaio aconteceu na última quarta-feira (15), e contou com a presença do guarda municipal Paulo Cezar Sobrera, da Comissão Desportiva, que tocou berimbau; do jovem saxofonista Gabriel Correia Almeida, de 21 anos, morador da Zona Norte do Rio; e do pequeno baterista Estevão de Souza, de 10 anos, filho do músico da Banda Thiago Correa, que toca trompete.

A banda

A Banda Sinfônica de Música da Guarda Municipal do Rio se tornou Patrimônio Cultural Imaterial do povo carioca, por meio da lei municipal de nº 6.870, de 22 de abril de 2021, por iniciativa dos vereadores Jones Moura e Dr. Carlos Eduardo. Na justificativa, os legisladores destacaram a participação da banda em diversos eventos de promoção da cidade do Rio de Janeiro, incluindo os realizados na Câmara dos Vereadores, e também em outros municípios do Rio.

Criada em dezembro de 1993 com músicos da antiga Banda Civil da Cidade do Rio de Janeiro, a Banda da GM-Rio conta hoje com cerca de 40 integrantes, sendo regida há quatro anos pelo maestro e guarda municipal Ricardo Severino. No período da pandemia, devido às medidas restritivas de proteção à vida para conter a disseminação do coronavírus, as apresentações foram reduzidas.

No ano passado, por exemplo, não foram realizadas as apresentações tradicionais, mas a Banda de Música não deixou de estar presente no dia a dia dos cariocas e levou uma pequena parte dos músicos para tocar na entrada dos condomínios, sendo acompanhado pelos moradores das janelas de seus apartamentos.

Batizado de Abraço Musical, o projeto percorreu toda a cidade tocando em bairros como Méier, Copacabana, Botafogo, Campo Grande e Bangu. Os músicos também fizeram várias lives nas redes sociais da Guarda Municipal .As apresentações ainda não voltaram com força total, mas os músicos seguem a rotina de ensaios, observando as regras sanitárias vigentes, para estarem prontos para o retorno definitivo.

pt Português
X
Open chat