Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Escola promove evento inspirado no livro ‘A parte que falta’

Foto : Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O CEL Intercultural School lança, na próxima terça-feira, às 18h30, em seu canal no Youtube, uma nova fase do projeto “Espaço Família”. A ideia principal é ampliar o diálogo entre família e escola, para que haja real parceria na formação integral dos estudantes.

O Espaço Família foi criado ano passado, motivado pela necessidade de auxiliarmos os responsáveis pelos estudantes da Educação Infantil e dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental neste momento tão delicado. A experiência foi um importante suporte às famílias, o que nos motivou a ampliar essas ações para toda a escola  – explica Carina Siqueira, Orientadora Educacional do CEL.

Lucimar Motta, Assessora Pedagógica do Grupo Sinergia Educação, do qual também faz parte o Colégio Franco-Brasileiro, explica que para o lançamento, foi escolhido um tema que é atemporal e um dilema para todas as idades: o valor da ausência. O livro ‘A parte que falta’, que originalmente foi publicado em 1976, nos Estados Unidos, foi utilizado como inspiração. No Brasil, após ter sido lido pela youtuber Jout Jout em seu canal e atingir quase 8 milhões de visualizações, chegou a ser o livro mais vendido na Amazon no início de 2018.

Por sermos seres desejantes, estamos constantemente lidando com as contradições provocadas pela ilusão da completude. Ou nos queixamos e desejamos que algo ou alguém venha completar nossa existência ou nos motivamos diante da falta e criamos possibilidades para seguir em busca de novos caminhos e possibilidades. Esta escolha pode determinar se nos sentimos angustiados, paralisados ou tranquilos diante dos desafios da vida – conta Lucimar

Ela explica também que o formato idealizado para o programa prevê a participação de alunos, responsáveis e profissionais da educação que farão um bate-bapo do tema à luz de suas histórias de vida e poderão ouvir a opinião de um convidado a partir do ponto de vista de sua área de atuação.

A necessidade de compartilhar histórias é inerente ao ser humano. Quando compartilhamos, temos a oportunidade de ressignificar algumas delas e também de ajudar outras pessoas, que possam estar vivendo situações semelhantes – complementa a Assessora.

É uma oportunidade para refletir sobre a vida. Em geral, não penso na parte que falta, mas no que pode ser conquistado. A participação neste projeto está sendo uma oportunidade de olhar para trás de forma reflexiva e, ao mesmo tempo, um convite para pensar diferente. Me gerou não só reflexão, mas um movimento de que não dá mais pra pensar do mesmo jeito – conta Shirlene, mãe de Hugo Machado, ex-aluno bolsista do CEL, que acaba de ser aprovado em segundo lugar para Ciências Contábeis na UERJ. Ambos estarão presentes, ao vivo, nesta estreia.

pt Português
X
Open chat