Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Mentoria Financeira: o que é, como funciona e benefícios

Foto: Reprodução
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Fazer uma boa gestão financeira é essencial tanto na vida pessoal quanto para o sucesso da empresa. Porém, essa é uma tarefa que exige planejamento, decisões estratégicas e uma visão ampla. A boa notícia é que não é preciso fazer tudo sozinho, já que existe a mentoria financeira.

Esse serviço é capaz de auxiliar na conquista de uma vida financeira mais saudável e com maior potencial de resultados. Ao descobrir como o processo funciona, você terá a chance de entender por que vale a pena contratá-lo.

Sendo assim, descubra tudo o que é importante sobre a mentoria financeira e veja quais benefícios ela oferece!

O que é mentoria financeira?

Saber como lidar com as finanças e as situações a elas atreladas nem sempre é fácil. Nesse sentido, contar com ajuda capacitada pode fazer a diferença para resolver questões relevantes para o aproveitamento do orçamento.

Uma das formas de contar com esse apoio é por meio da mentoria financeira. Ela consiste na contratação de um mentor, que tem mais conhecimentos e experiências no tema do que você. Com isso, ele poderá ajudá-lo a agir sobre as finanças de maneira estratégica.

Como funciona a mentoria financeira?

Para realmente entender como a mentoria financeira funciona, é preciso considerar que ela pode ser de dois tipos principais: a mentoria financeira pessoal ou a empresaria.

A primeira é focada em pessoas físicas e ajuda, portanto, nas finanças pessoais. A ideia é identificar como você tem usado seu dinheiro, quais erros tem cometido e onde estão as oportunidades de melhoria.

Além de ajudar a organizar as finanças, o mentor o auxiliará na conquista de mais educação financeira. Assim, ele conseguirá, por exemplo, identificar hábitos que precisam ser mudados e boas práticas que devem ser implementadas.

A mentoria financeira também pode ser contratada por pessoas jurídicas. Nesse caso, o mentor fará uma avaliação completa das finanças da empresa e trará uma visão externa sobre os gargalos e os pontos de melhoria para a saúde financeira.

É importante entender que, em ambos os casos, o mentor não toma decisões e nem executa tarefas por você. Sua função é analítica e de orientação, com informações e conhecimentos que você pode aplicar no cotidiano.

Quais são os benefícios de contar com uma mentoria financeira?

Sabendo como a mentoria financeira funciona, pode-se notar que ela apresenta algumas vantagens, quando utilizada do modo adequado. Tanto a pessoal quanto a empresarial ajudam a estabelecer um bom controle financeiro, por exemplo.

Assim, é possível criar e garantir a execução de um orçamento estratégico. Dessa forma, todas as áreas recebem os recursos dos quais necessitam, evitando problemas como inadimplência e endividamento.

A mentoria também pode ser voltada para o mercado financeiro. Então, o mentorado poderá descobrir como fazer investimentos e quais são as aplicações financeiras mais adequadas para seu perfil e seus objetivos financeiros. Em especial, isso ajuda na construção de patrimônio. Como visto, a mentoria financeira se baseia no contato com um mentor, que é experiente e conhecedor da gestão de recursos e do mercado. Por meio dessa interação, é possível estruturar e melhorar a tomada de decisão nas finanças pessoais ou empresariais.

Deseja contar com apoio para cuidar das finanças? Entre em contato conosco e conheça o que oferecemos!

Janaína Macedo Calvo
Doutoranda em Administração e Sustentabilidade,
Economista, Professora da FGV, autora e palestrante.

pt Português
X
Open chat