Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

O programa de inovação do COR prorroga inscrições até 14/10

Foto : Jorge Pex/Ascom COR
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Com etapas iniciais online, o programa de inovação do COR vai começar no dia 18/10

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio prorrogou as inscrições
para mais um Desafio COR – programa de inovação e aceleração do
órgão. Com parceria inédita com a Prefeitura de Colônia (Alemanha),
a terceira edição do desafio começa em outubro e será voltada ao
aprimoramento da comunicação em situações de emergência urbana.

Os interessados (grupos, empresas ou startups) podem se inscrever no
link até 14/10. As etapas iniciais (ideação e aceleração) serão online, com abertura no dia 18/10. Na última etapa, que é de incubação e pode durar até 22 meses, os projetos vencedores são experimentados e aperfeiçoados no COR.

O chefe executivo do COR, Alexandre Cardeman, destaca a importância do Desafio para o desenvolvimento de ferramentas inovadoras que contribuam para uma cidade mais inteligente e resiliente, e ajudem a salvar vidas.

Não existe cidade inteligente sem diálogo com o cidadão. A
interação é muito importante para que ele possa avaliar e tomar
decisões. E nós precisamos de ideias, da sociedade pensando junto –
afirma.

Durante o desafio, o Centro de Operações se transforma em um
laboratório vivo para soluções de cidades inteligentes, oferecendo
todos os recursos disponíveis aos participantes: disponibilização de
dados relacionados ao tema abordado; mentoria técnica de especialistas
do COR e de outros órgãos da Prefeitura do Rio; mentoria de inovação
e de negócio oferecida pela prefeitura e por parceiros do mercado
privado; e acesso ao ecossistema de inovação do COR (atores nacionais
e internacionais).

Edições anteriores – O desafio já teve duas edições em 2018 e 2019:
a primeira para aprimorar as respostas da Cidade em eventos de chuva
forte, e a segunda com foco no desenvolvimento de soluções
tecnológicas para aprimorar a gestão dos impactos das mudanças
climáticas no sistema de ônibus do município.

Como resultado, o COR já certificou quatro startups: a Noah, com seus sensores inteligentes de alagamento; a VM9, que desenvolveu uma
plataforma de mobilidade urbana sobre o sistema BRS (faixa exclusiva de ônibus); a Wiiglo, que também criou uma plataforma de monitoramento do sistema de ônibus; e a Nimbus, para o aprimoramento da previsão de chuvas. O certificado qualifica a solução tecnológica para que seja integrada ao conjunto de ferramentas operacionais do COR.

Com financiamento da Engagement Global, o III Desafio COR contará com o apoio da Fundação João Goulart, da Associação Brasileira dos Mentores de Negócios (ABMEN) e da .add.

Mais informações no site 

pt Português
X
Open chat