Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Prefeitura do Rio vai reconhecer influenciadores digitais que incentivam o turismo

Rio de Janeiro recebe muitos turistas devido auxilio dos influencer (Foto: Tania Rego/ABr)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

A Prefeitura do Rio, por meio da Riotur, lançou um edital para reconhecer e chancelar influenciadores digitais da cidade. Serão selecionados até 15 perfis que já publiquem em suas redes sociais conteúdos atrativos que incentivem o turismo. Durante um ano, os influenciadores escolhidos serão convidados a participar de ações turísticas e de grandes eventos, como o Carnaval e o Réveillon, além de passeios exclusivos a pontos turísticos e festas. Os escolhidos serão divulgados no dia 27 de setembro, quando é comemorado o Dia Mundial do Turismo.

Para concorrer, os candidatos precisam ter no mínimo 20 mil seguidores em pelo menos uma das redes sociais. Os influenciadores poderão inscrever perfis em diferentes redes no edital, mas apenas um por candidato será selecionado. A prefeitura destaca que não haverá vínculo financeiro nem empregatício com os selecionados.

O documento publicado no Diário Oficial desta sexta-feira também está disponível no site da Riotur, na aba Editais e Avisos. As inscrições estão abertas até o dia 18/09. Os formulários estão disponíveis nos perfis da Riotur no Instagram, Facebook, Twitter,  TikTok, YouTube  e Linkedin. Muitos influencers tem se destacado no Rio.

Organizações concentram esforços para retomar turismo no Rio

Após mais de um ano de pandemia, organizações que atuam na cidade do Rio de Janeiro concentram esforços para atrair grandes eventos de diferentes áreas e, com isso, movimentar a economia local. A intenção é que, com o avanço da vacinação contra a covid-19, o calendário da cidade volte a ser preenchido com congressos presenciais e eventos nacionais e internacionais.

Nas respectivas áreas, as organizações comprometeram-se a mapear os principais eventos e verificar a viabilidade de o Rio sediá-los. O COB e o Comitê Paralímpico Brasileiro, por exemplo, vão selecionar as principais competições esportivas nacionais e internacionais para submeter a candidatura da cidade, aproveitando a infraestrutura e os principais atrativos da cidade. Já a Invest.Rio é responsável pela interlocução com a prefeitura e pela busca de patrocinadores que permitam a realização dos eventos.

Antes da pandemia, em 2019, mais de 300 eventos foram realizados no Rio de Janeiro, atraindo, ao todo, mais de 1 milhão de visitantes à cidade e resultando em uma receita de R$ 1 bilhão. Os eventos confirmados para 2022 ainda estão longe dessa marca. De acordo com o Rio CVB, tais eventos devem gerar faturamento de cerca de R$ 300 milhões.

pt Português
X
Open chat