Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Bondinho Pão de Açúcar inaugura painéis de artista carioca em suas estações

Fonte : Pixabay
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Com proposta de levar mais arte, conscientização ambiental aos visitantes, o Bondinho Pão de Açúcar inaugura, em outubro, próximo ao aniversário de 109 anos do parque os painéis Fauna e Flora. Desenvolvidos pelas mãos do artista Bruno Big, conhecido pelos seus traços únicos e famoso pelo intenso colorido de suas pinturas, as artes trazem uma homenagem do carioca às espécies presentes e preservadas no parque. Os painéis foram realizados em três das quatro estações de embarque e desembarque do teleférico, sendo duas no Morro da Urca e uma no Pão de Açúcar. São mais de 750 m² de paredes ao ar livre pintadas.

A sustentabilidade é um valor intrínseco aqui no Bondinho, por isso, sempre estamos ligados a ações e projetos desta causa tão importante. Inaugurar os painéis no aniversário do parque reafirma nosso compromisso com o meio ambiente e a sociedade e é um orgulho para nós poder proporcionar conscientização e educação ambiental através da arte. As pinturas com traços únicos e marcantes do Bruno Big ficarão de legado e nos inspiram ainda mais para atuarmos constantemente na construção de uma sociedade mais proativa na causa ambiental – explica Sandro Fernandes, CEO do Bondinho Pão de Açúcar.

Com a inauguração dessas obras, os cariocas e turistas poderão conhecer ainda mais sobre a diversidade de animais e plantas que habitam o Monumento Natural dos Morros do Pão de Açúcar e da Urca (Mona) e terão mais um legado de conscientização e arte para a cidade do Rio de Janeiro. Entre as espécies retratadas estão o pássaro tiê-sangue, a cobra coral, o tucano-de-bico preto, o imponente gavião, a beleza do ipê-amarelo, a aroeira, a pitangueira, entre outras. A natureza exposta nas pinturas foi selecionada através de uma pesquisa realizada pela área de meio ambiente do Bondinho Pão de Açúcar em conjunto com o artista, que depois elaborou o desenho e, em seguida, o projetou nas estações.

Fiquei muito honrado com esse convite e por ter a oportunidade de levar a minha arte para um local tão importante e amado da minha cidade. A natureza sempre foi a maior das minhas inspirações e poder retratar a natureza local com minha linguagem é uma grande responsabilidade, além de um grande prazer. O processo de pintura desses painéis foi com certeza o mais intenso que já vivi. Pintar em grande escala, com um clima extremo, em uma parede chapiscada e com uma logística desafiadora, daquelas que a gente ama fazer -conta Big.

O Bondinho Pão de Açúcar também realiza um importante trabalho em prol da sustentabilidade, como a gestão dos resíduos sólidos do parque, em que realizam a compostagem e reciclagem de 80 toneladas de resíduos anualmente. Além disso, atuam em diversas ações em prol da regeneração da Mata Atlântica, como o reflorestamento da flora nativa, que teve início na década de 80 e continua até hoje através de uma adoção, da pista Claudio Coutinho e da Trilha do Morro da Urca, que compõem o Monumento Natural dos Morros do Pão de Açúcar e da Urca (MoNa Pão de Açúcar) e a reintrodução de abelhas típicas deste bioma.

 Temos uma parceria sólida com o Bondinho Pão de Açúcar. E agora, ver os elementos da biodiversidade do MoNa representados nos painéis de uma forma tão viva me dá muita alegria. Eles trazem o conhecimento ambiental, retratando a fauna e flora da Mata Atlântica aqui preservada. Geram a reflexão nas pessoas sobre como é necessário conservando a natureza. – Fala Marcelo Andrade, Gestor do MoNa.

O projeto dos painéis Fauna e Flora é fruto de uma parceria com a marca Tintas Coral, com a realização da VMS Eventos, barizON Entretenimento, e tem sinergia com o trabalho de conclusão de curso dos alunos Bruna Moll e Kleiton Rigon, do IED Rio (Istituto Europeo di Design).Rio

pt Português
X
Open chat