Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Polícia tenta localizar Nego do Borel após mãe do cantor registrar boletim do desaparecimento dele

Nego do Borel. (Foto: Divulgação)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

A Polícia Civil do Rio de Janeiro deu início às buscas pelo funkeiro Nego do Borel após a mãe do artista registrar um boletim de ocorrência relatando o desaparecimento dele.

Roseli Viana Gomes registrou o sumiço do filho na segunda-feira (4), na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes). Ela contou que tentou impedir que Nego saísse de casa no último domingo (3), mas que o cantor não obedeceu e, desde então, não deu mais notícias.

A Polícia informou que mandou nesta terça equipes a Itacuruçá, na Costa Verde fluminense, atrás do cantor. A mobilização aconteceu após a 42ª DP receber informações de que o funkeiro tinha sido visto naquele distrito de Mangaratiba.

No fim de setembro, a Polícia abriu um inquérito para investigar Nego do Borel por suspeita de estupro de vulnerável contra a modelo Dayane Mello durante o reality show “A Fazenda 13”, da TV Record. Segundo a denúncia, a modelo estava embriagada quando se deitou com ele após uma festa. Por causa da situação, Nego foi também expulso do reality.

A assessoria do cantor disse, na data do ocorrido, que ele iria “provar mais uma vez toda a sua inocência”. Nas redes sociais, o cantor apareceu depois, negou o crime e disse que estava se sentindo bastante triste com a situação.

Nego do Borel também foi indiciado por violência doméstica contra a ex-namorada, a modelo Duda Reis. Ela registrou, em janeiro, um boletim de ocorrência por estupro e ameaça contra ele na 1ª Delegacia da Defesa da Mulher (DDM) em São Paulo.

pt Português
X
Open chat