Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Aulas presenciais na rede municipal de ensino do Rio voltam a ser obrigatórias

Foto: Reprodução
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

As aulas presenciais na rede municipal de ensino do Rio de Janeiro voltarão a ser obrigatórias a partir do dia 3 de novembro. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (26) pelo secretário de Educação, Renan Ferreirinha, na Escola Municipal Calouste Gulbenkian, na Cidade Nova. De acordo com o secretário, a medida está sendo possível graças ao sucesso da campanha de vacinação na cidade do Rio e de um preparo de toda a rede municipal que começou o retorno ao ensino presencial em fevereiro deste ano. A rede, recentemente, já tinha passado para o ensino presencial sem rodízio.

Há 25 mil alunos que não entregaram atividades remotas nesse último bimestre nem retornaram de forma presencial. Nós não vamos ficar de braços cruzados e achar que isso é normal. É muito importante que a gente garanta que todos os nossos alunos tenham acesso à Educação e para isso a volta da obrigatoriedade das aulas presenciais é um importante passo nessa direção. Lugar de criança é na escola – afirmou Ferreirinha.

O secretário informou ainda que alunos com comorbidades poderão se
manter no ensino remoto, mediante apresentação de laudo médico.

Necessidade de reforço escolar

Algumas ações estão sendo desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Educação para ajudar neste momento de retomada das aulas 100% presenciais.

Nós criamos o programa Reforço Rio, que prevê uma série de ações de reforço escolar para que a gente consiga garantir que nossos alunos aprendam a ler, a escrever, as operações básicas de matemática e todas as disciplinas de maneira adequada. Temos também tutoria entre nossos alunos, formação especializada para os professores e mais tempo de aula para reforço escolar. Além disso, lançamos uma iniciativa inovadora que é o “Tá On”, um programa que conecta universitários com alunos da nossa rede, garantindo assim uma tutoria individualizada, ou seja, um reforço escolar entre quem hoje está cursando uma universidade e quem está na nossa rede precisando de mais apoio – disse o secretário.

Mais informações sobre o Reforço Rio

O programa atende a alunos da rede municipal de ensino e tem como um dos pontos principais o fortalecimento dos tempos de aulas de Língua Portuguesa e Matemática. Para isso, o Reforço Rio conta com convênios e parcerias com a União, governo do Estado, sociedade civil, empresas privadas, cooperativas, associações de moradores, moradores de comunidades comprovadamente capacitados para tal finalidade e demais entidades voltadas à área da educação.

Mais informações sobre o Tá On

O Projeto Tá On iniciou esta semana as primeiras sessões de tutorias entre alunos das faculdades e da Rede Municipal de Ensino, mas as inscrições seguem abertas até dia 22 de dezembro. Universitários terão a oportunidade de entrar em contato com novas tecnologias educacionais para ajudar estudantes das escolas públicas com conhecimentos de matemática e língua portuguesa que estejam no 9º ano, ou no programa de aceleração, o Carioca II. Ao final, alunos de qualquer curso de graduação ou pós receberão um certificado de participação. Para se inscrever, basta acessar o site.

pt Português
X
Open chat