Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

FLISGO 2021 “O novo sempre vem”

Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Inovação, inclusão sociocultural e democratização do acesso aos bens culturais em São Gonçalo são as palavras de ordem desta edição

A edição deste ano doFestival Literário de São Gonçalo apresenta muitas novidades importantes para o público de São Gonçalo e para os amantes do fazer literário e da literatura ampla e irrestrita. Inspirados na música de Belchior “O novo sempre vem”, a 3ª edição do FLISGO acontecerá em duas modalidades: presencial e online.

A edição presencial acontecerá de 19 a 22 de novembroe será realizada em parceria com o Polo Cultural AfroTribo. O FLISGO, nesta modalidade, inova com ousadia, ao eleger como sede do Festival o Conjunto Residencial Venda da Cruz (Minha Casa Minha Vida) construído na antiga sede do 3º. Batalhão de Infantaria. O conjunto, com 1.240 unidades (o maior de São Gonçalo) tem uma população de mais de cinco mil pessoas oriundas das classes populares do município de São Gonçalo e Niterói, especialmente as vítimas do deslizamento do Morro do Bumba ocorrido com as chuvas de abril de 2010.

A Cultura Popular será um importante protagonista da edição presencial: Tambor de Crioula, Bumba Meu Boi, Folia de Reis, Jongo, Maracatu, Capoeira, Danças Afro estão na programação do Festival e a abertura oficial será realizada pela escola de samba da cidade, Unidos do Porto da Pedra. Além disso acontecerão exposições fotográficas, resultado das oficinas de fotografia ministradas por Luiz Alvarenga, aos homens egressos do sistema penal;oficinas de cinema com o grande cineasta gonçalense Alberto Sena; a artista plástica Gabriella Marinho dará uma oficina de argila; e o marco zero da Sala do primeiro Cinema Popular do Município, organizado pela ONG Afrotribo também acontecerá no festival. Artistas locais apresentarão durante os quatros dias de evento, peças teatrais, musicais, orquestra de gaita de foles, saraus como o do João do Corujão. E, compondo essa força tarefa de acessibilidade a bens culturais, contaremos com mais de 200 (duzentos) Fazedor de Arte e Cultura de diversas linguagens artísticas (Cia de Teatro, Cia de Dança, Contadores de Histórias, Bandas e etc.) totalmente gratuito para a comunidade e para os mais de 100 (cem) assistidos por projetos sociais do município que já confirmaram presença através do Fórum Social Gonçalense.

O generoso escritor e ator Hélio De La Pena e Rodrigo França já confirmaram presença, assim como a Dra. Helena Theodoro e  a escritora Vilma Piedade, referências da literatura feminista afro brasileira. Além disso, dezenas de autores/as do Município e de cidades vizinhas também estarão no festival.

Pela primeira vez homenagearemos um escritor, e o homenageado será o poeta e escritor Carlos de Assumpção. “O tempo é espiralar.Os ciclos se renovam e a escrita de Carlos de Assumpção faz perpetuar a vida do protagonismo da literatura negro brasileira contemporânea. Sua narrativa concretiza a herança afrobrasileira. Axé!” Explica Lia Vieira, uma das curadoras do evento. A artista plástica da cidade, Elizabeth Salles, irá presentear o escritor com um busto que terá moradia no polo cultural Afrotribo.

“Descentralizar o acesso a bens culturais é a missão do Festival Literário de São Gonçalo. Desde que foi criado, em 2019, temos feito o festival em espaços mais centrais da cidade, onde muitas pessoas de classes populares não acessam. A realização do FLISGO, no conjunto habitacional é um grito para chamar a atenção de que os beneficiários dessa política pública não querem somente casa ou comida. Querem casa, comida, diversão e arte e é isso que queremos fazer no FLISGO 21. Levar diversão e arte para todos, todas e todes”.Ressalta Alberto Rodrigues, coordenador do Festival.

E a inovação na cultura não para por aí, a programação online do FLISGO 2021 acontecerá de 26 a 29 de novembro.O, e-FLISGO contará com oficinas de formação em marketing literário e uma diversidade de painéis com participação de especialistas que versarão sobre os temas que estruturam a produção literária nas redes sociais. O e-FLISGO tratará, já na sua abertura, dos novos caminhos do mercado literário, os processos de produção em e-Book, a auto publicação e o marketing.

O e-FLISGO será transmitido pelo Canal do Youtube Q-Cria.

Programação Presencial – 19 a 22 de novembro – De 10h às 17h/ Totalmente Gratuito.

Conjunto Residencial Venda da Cruz – Minha Casa Minha Vida – Antigo 3º. Batalhão de Infantaria, Venda da Cruz, São Gonçalo, RJ

Realização O Acesso Cultural

Mais informações: (21) 99391-8644 (Gaia Assessoria de Comunicação) | @flisgo

 

pt Português
X
Open chat