Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Morre aos 26 anos de acidente de avião, cantora Marília Mendonça

Foto: Reprodução/Instagram
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O Brasil está de luto mais uma vez. Cantora Marília Mendonça morreu na tarde desta sexta-feira (5). O avião que levava a sertaneja, caiu na cidade de Caratinga (MG), na Região do Vale do Rio Doce, além dela, outras quatro mortes foram confirmadas. A cantora tinha apenas 26 anos e sua morte comoveu todo o país. Marília era goiana natural da cidade de Cristianópolis, no interior de Goiás. Entre os mortos estão o piloto, o copiloto, o seu produtor Henrique Ribeiro e o seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho.

Inicialmente, após a divulgação do acidente, a assessoria pessoal da cantora informou que todos os passageiros e tripulantes estavam bem. Contudo, em pouco tempo as redes sociais começaram a divulgar possíveis imagens do acidente e a informação da morte de Marília e dos outros foi confirmada.

Avião com Marília Mendonça caiu em Minas Gerais (Foto: Divulgação)

O Corpo de Bombeiros recebeu o chamado por volta das 15h30, para atender a ocorrência de queda de aeronave em Piedade de Caratinga em curso d’água próximo ao acesso pela BR-474. A assessoria da cantora chegou a afirmar que a cantora havia sido resgatada com vida. A informação de que a cantora estava no avião foi do Corpo de Bombeiros. 

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, conhecido como Henrique Bahia, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e co-piloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos”, informou o Corpo de Bombeiros em seus canais oficiais. O resgate chegou poucos minutos após o acidente.

O avião, de prefixo PT-ONJ, pertence à PEC Táxi Aéreo, sediada em Goiânia. Trata-se de um King Air C90A, com capacidade para seis passageiros. A aeronave, que é turboélice, foi fabricada em 1984 e tinha autorização para operar em regime de fretamento, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Ainda não se sabe as causas do acidente. O Cenipa, da Aeronáutica, irá apurar as causas. O avião havia decolado de Goiânia. Marília faria um show em Caratinga.

Ela postou em redes sociais dentro do avião nesta sexta. Ela deixou o filho, Léo, de um ano e o marido, o também cantor Murilo Huff, em Goiânia (GO). Pouco antes do acidente fatal, no Instagram, o sertanejo chegou a compartilhar um vídeo fofo brincando com o menino. Marília Mendonça também chegou a postar em suas redes sociais imagens do embarque no avião, bem como seu caminho até lá. Ela também mostrou vídeos se divertindo pela manhã no hotel em que estava na academia com alguns amigos e companheiros.

Marília começou a cantar ainda muito jovem na música. Teve o primeiro contato com a música através da igreja e começou a compor quando tinha 12 anos de idade, passando a escrever músicas para vários cantores consagrados do sertanejo. Ela se lançou como cantora em janeiro de 2014, através do seu primeiro EP homônimo.  

Em 2017, Marília foi indicada ao Grammy Latino com o álbum Realidade e dois anos depois com o projeto Todos Os Cantos. Entre outros hits de Marília também estão Supera, Ausência, De Quem É A Culpa?, Graveto, Apaixonadinha, Todo Mundo Vai Sofrer.

Outros famosos 

A morte de Marília Mendonça deixou o Brasil em choque como em outras oportunidades. Em 2017, o cantor sertanejo Cristiano Araújo morreu em acidente de carro em Goiás. Cristiano estava acompanhado de sua noiva, que também faleceu. Coincidentemente, Henrique Bahia, que faleceu com Marília, era o produtor de Cristiano Araújo na época.

Mais recente, em acidente de aeronave de pequenos portes, o cantor Gabriel Diniz também faleceu em 2019, no estado de Sergipe. Na época ele tinha apenas 28 anos. Em 1996, na Serra da Mantiqueira, em São Paulo, um acidente fatal matou todos os integrantes do Mamonas Assassinas. Os jovens estavam no auge do sucesso apenas há nove meses.

Outro trágico acidente que ficou marcado. Em novembro de 2016, um avião que transportava a delegação da Chapecoense caiu na Colômbia, quando a equipe ia jogar a final da Copa Sul-Americana, em Medellín, contra o Atlético Nacional. O acidente do avião da LaMia matou 71 pessoas, entre eles jornalistas, dirigentes e tripulantes, além de atletas. Na ocasião, seis pessoas saíram do desastre com vida e foram resgatados.

pt Português
X
Open chat