Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

MPRJ vai fiscalizar uso de verba arrecadada em leilão da Cedae

Em abril, estado arrecadou R$ 23 milhões com a concessão (Foto: Divulgação/MPRJ)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Da Agência Brasil

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) criou uma força-tarefa para fiscalizar o uso de cerca de R$ 23 bilhões arrecadados com o leilão da Cedae, em abril deste ano. O dinheiro foi arrecadado pelo estado com a concessão de áreas de fornecimento de água e recolhimento de esgoto que antes pertenciam à companhia estadual.

A criação da força-tarefa foi assinada pelo procurador-geral de Justiça do Rio, Luciano Mattos. A resolução que cria o grupo destaca que é urgente o acompanhamento do uso dos valores obtidos com a outorga dos serviços públicos.

O grupo deve atuar por, pelo menos, seis meses, mas o prazo pode ser prorrogado por quantas vezes o MPRJ considerar necessário.

pt Português
X
Open chat