Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Opinião: Neymar não é mais um menino e a Seleção depende muito dele

Neymar vive bom momento na Seleção (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Por Guilherme Abrahão

O Brasil depende – e muito – de Neymar. E todos sabem que para a Seleção conseguir levar a Copa do Mundo do ano que vem, no Catar, é preciso que nosso craque esteja no auge de sua forma. E ele garante que está. Em recente entrevista, o camisa 10 garantiu que se cuida e que está pronto para ajudar na busca pelo hexa. Neymar é uma figura diferente no futebol brasileiro. Cobrado desde muito jovem, ele parece não estar acostumado com o peso que carrega. Afinal, dos últimos tempos, após Ronaldos, Romário, Adriano, Kaká, entre outros, o craque é a grande figura da equipe de Tite. E com ele, a Seleção é diferente.

Aos poucos o técnico vem descobrindo alguns nomes que podem ajudar. Raphinha, por exemplo, se tornou uma grande surpresa. Vinícius Júnior, que tem arrebentado no Real Madrid, é outro que pode ser útil neste time. O jovem Anthony. Lucas Paquetá, até os experientes Thiago Silva, Casemiro, Marquinhos, Alisson e Ederson. Mas nenhum deles é Neymar. Espera-se mais na Seleção de Gabigol, Gabriel Jesus, Richarlison e Roberto Firmino, mas espera-se o dobro, talvez o triplo, do camisa 10. E ele parece que está se preparando para essa cobrança.

Ele que antes reclamava se colocava mais à disposição do time. Da imprensa, da torcida. Tem aparecido sempre correspondendo seus fãs. Tem tentado chamar a responsabilidade. É de uma justiça tremenda achar que ele não rende na Seleção. Já é um dos maiores artilheiros da história e se encaminha para ter mais gols ocm a Amarelinha do que até mesmo Pelé. Já ultrapassou Romário. Mas o que mais esperar de Neymar?

Que seja o líder, o capitão e o condutor do hexa? Acho que sim. Não é novidade que Neymar é top-5 dos melhores do mundo. Para alguns, até melhor. Disputa com Messi, Cristiano Ronaldo, Mbappé;…Não importa. É ele quem tem que conduzir a Seleção. Neymar não é mais menino. É o craque. Em 2022, o país inteiro espera muito do camisa 10. Ele precisa estar preparado!

pt Português
X
Open chat