Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Vasco vai jogar a Série B pela quinta vez na história

Vasco vai jogar a Série B em 2022 (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O que o torcedor do Vasco mais temia se confirmou nesta quarta-feira (10), em pleno Rio de Janeiro, em São Januário. A equipe entrou em campo para encarar o Vitória com remotas chances de subir para a Série A em 2022 e foi goleada pelos baianos por 3 a 0 e, faltando três rodadas para o fim da Segunda Divisão, o Vasco não tem mais chances matemáticas de retornar. Vai ser a quinta vez na história que o clube carioca vai jogar a Série B do Brasileiro.

Anteriormente, o Vasco já havia sido rebaixado em 2008, 2013, 2015 e 2020. Entretanto, nas outras ocasiões, o clube retornou para a elite no ano seguinte. Nos últimos 14 anos, o Cruz-Maltino disputou a divisão de acesso nestas oportunidades. Na Série B, o Vasco foi campeão apenas em 2009. Nas outras ocasiões confirmou o acesso entre os quatro primeiros da competição. Além do Vasco, o Cruzeiro, outro gigante nacional, também vai jogar a Série B novamente.

O Botafogo por sua vez está cada vez mais próximo do acesso e do título da Série B. As duas situações podem ser confirmadas nesta segunda-feira (15) diante do Operário, no Nilton Santos. Esta é a terceira vez que o Glorioso disputa a segundona e pode ser seu segundo título. Em 2003, a equipe perdeu a taça para o Palmeiras, mas em 2015 foi o vencedor.

Da Série A, outros clubes grandes seguem na briga para se manter e não se encontrar com o Vasco e Cruzeiro em 2022. Por ora, o Grêmio é o mais próximo do rebaixamento com 86% de chances segundo os matemáticos. São Paulo e Santos ainda têm possibilidades, porém mais remotas.

Atlético-MG fica próximo do título após 50 anos

O Atlético-MG deu mais um passo rumo ao título do Campeonato Brasileiro após derrotar o Corinthians por 3 a 0, nesta quarta-feira (10) no estádio do Mineirão, em jogo válido pela 31ª rodada da competição. Com o triunfo, o líder Galo alcançou os 68 pontos. Já para o Timão o revés representou a manutenção dos 47 pontos, e a possível perda de posições na classificação dependendo do resultado de outras partidas. A última vez que a taça ficou com o Galo foi no Brasileiro de 1971 – o primeiro com este nome – há 50 anos atrás.

Diante de mais de 58 mil torcedores, o Atlético-MG triunfou graças a gols de Diego Costa, aos 15 minutos do primeiro tempo, de Keno, aos 5 da etapa final, e de Hulk, nos acréscimos da partida. O Galo volta a entrar em campo pela competição na próxima terça-feira (16), quando visita o Athletico-PR na Arena da Baixada. 

 

pt Português
X
Open chat