Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Feira Agroecológica – Um Projeto de Sucesso

Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

As feiras, são eventos de grande magnitude e amplo alcance que, mesmo não sendo seu principal objetivo, potencializa o turismo local onde se realiza. Funcionam como uma vitrine de uma temática especial de diferentes produtores que, durante um período limitado, um espaço determinado e organizado por tal fim, os visitantes conhecem os produtores e os serviços expostos.
Os produtores, por sua vez, utilizam as feiras como ferramenta de marketing para potencializar seus negócios, conhecer seus consumidores, aumentar a divulgação de seus produtos e, conseguir, naturalmente, novas vendas.
A feira é, uma expressão da cultura popular associada a valorização dos modos de vida e dos conhecimentos tradicionais do povo. Ela promove e dá visibilidade a práticas agroecológicas, através da comercialização formal de produtos ao mesmo tempo em que valoriza o conhecimento tradicional e agrega valor à essa forma de produção.
O Municipio de Paty do Alferes tem na agricultura sua principal atividade, sendo considerado, inclusive, um dos maiores produtores de tomates da Região Sul Fluminense e responsável por um dos eventos mais importantes do município, “A Festa do Tomate” que coincidia, sempre, com o feriado de Corpus Christi e que por motivos da pandemia esteve suspensa, mas prevista sua volta triunfante no próximo ano.
Por esta característica agrícola, pela falta de estímulos aos produtores que viviam na informalidade, o Prefeito Eurico Pinheiro Bernardes Neto , seu vice Arlindo dentista e sua equipe desenvolveram um projeto que buscava novos caminhos para melhorar, valorizar e diversificar a produção agrícola da região.
A feira foi resgatada, redesenhada e engajada com ações que sustentam sua realização, como o Vale Feira, que a prefeitura, depois de um planejamento orçamentário, destina o o valor de R$50 reais , para cada servidor, a serem gastos na feira , em barracas credenciadas. Ela permite, também, aos expositores da agroindústria, flores e artesanato, movimentarem seus negócios através do público que visita o local, sem contudo , não receberem o vale feira. Todos os sábados, compradores e visitantes tem encontro marcado, na Praça Central do Município, com a Feira Agroecológica e com as apresentações culturais organizadas, igualmente, pela Prefeitura..
O objetivo do projeto de despertar a responsabilidade e a conscientização sobre as questões ambientais nos produtores e na população, está sendo alcançado e, segundo dados fornecidos pela prefeitura, o projeto vem dinamizando a economia do Município, gerando novas oportunidades de negócios, criando novos postos de trabalho, aumentando a circulação de recursos e por conseguinte um aumento na arrecadação do Município. Um projeto coroado pelo sucesso e muito elogiado pela população.

pt Português
X
Open chat