Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Documentário que aborda os desafios de pacientes com doença rara é finalista em premiação internacional

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O curta-metragem “A História de Cada Um”, de Kely Nascimento, atriz e fundadora do Instituto Renascimento, é finalista no Blue Star International Film Festival, um evento itinerante sem fronteiras que procura apoiar e inspirar cineastas de todo o mundo, através de uma expressão genuína que possa estimular novos pensamentos para a arte do cinema. O trailer do documentário pode ser encontrado no YouTube.

O projeto foi patrocinado pela PTC Therapeutics, realizado e produzido pelo Instituto Renascimento (IR) e com coprodução da 157 Elefante. Contou com a direção de Pedro Moutinho e a atuação de Kely Nascimento, Almir Rosa, Barbara Borgga e José Netho.

A obra expõe os impactos da desinformação, da dificuldade de diagnóstico e da falta de um arsenal terapêutico para o tratamento da amiloidose hereditária associada à transtirretina. Trata-se de uma doença genética rara, degenerativa e progressiva, em que em que as fibrilas amilóides se depositam em tecidos e órgãos, causando acometimento do sistema nervoso periférico com polineuropatia, perda da sensibilidade e fraqueza muscular progressivas, disautonomias com distúrbios gastrointestinais, entre outros, e leva o paciente ao óbito.[1],[2],[3]

Além do Blue Star International Film Festival, o documentário também foi um dos finalistas no Festival de Cinema de Madrid.

pt Português
X
Open chat