Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Estado do Rio registra queda no número de mortes violentas em janeiro

Foto: Fernando Frazão/Agencia Brasil
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O estado do Rio de Janeiro registrou queda no número de mortes violentas intencionais no mês de janeiro, divulgou o Instituto de Segurança Pública (ISP), que é vinculado ao governo do estado e usa como base dados dos boletins de ocorrência registrados em delegacias da Polícia Civil.

Somados os casos de homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, latrocínio e morte por intervenção de agente do estado, o total de vítimas no primeiro mês de 2022 foi 34% menor que o do mesmo mês do ano passado.

Somente em janeiro de 2022, houve 251 vítimas de homicídio doloso no estado do Rio, número que é o menor desde 1991. Se somados esses crimes aos de latrocínio e lesão corporal seguida de morte, o total sobe para 259 e fica 32% abaixo do de janeiro de 2021. O estado teve ainda 93 mortes por intervenção de agentes do Estado em janeiro de 2022, o que representa uma queda de 37% em relação a 2021.

O levantamento do ISP mostra ainda que houve queda de 20% nos roubos de veículos na comparação com janeiro de 2021. No primeiro mês deste ano, houve um total de 1.859 ocorrências desse tipo.

Os roubos de rua também tiveram queda, de 25%, com 4.813 casos contabilizados somente em janeiro de 2022. Já os roubos de carga aumentaram 4%, com 376 casos em janeiro de 2022.

As polícias apreenderam 547 armas em janeiro deste ano, o que representa uma redução de 12% em relação ao ano passado. Entre esses armamentos, 54 eram fuzis. Também houve queda de 10% nas prisões em flagrante, totalizando 2.367 casos, ou cerca de 85 pessoas por dia.

 

 

Agência Brasil

pt Português
X
Open chat