Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Estudo comprova que clareadores naturais não funcionam

Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Milagres prometidos na internet podem prejudicar a saúde bucal
As redes sociais são grandes dissiminadoras de promessas milagrosas para clarear os dentes. As hashtags #dentebranco e #whiteteethchallenge têm milhões de visualizações no aplicativo e mostram vídeos de usuários testando truques para fazer um clareamento caseiro nos dentes.

Contrariando todas essas promessas, um estudo da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP) constatou que ingredientes como Banana, cúrcuma e carvão ativado, que são amplamente divulgados nas redes sociais como clareadores dentais, falham na promessa e ainda podem criar problemas. A pesquisa, que durou dois anos, testou em laboratório as receitas miraculosas da internet e avaliou minuciosamente seus efeitos na estrutura dental.

O ideal, segundo a pesquisa, é procurar por um dentista da sua confiança que irá indicar a forma mais adequada para clarear os seus dentes.

No consultório, as técnicas utilizadas podem ser um clareamento caseiro, no qual o paciente recebe uma moldeira feita especialmente para sua arcada dentária e o dentista oferece um gel clareador com a proporção, que varia de acordo com o grau do grau do clareamento“, afirma o Dr. Márcio Ramos.

Os clareamentos mais rápidos expõem mais à sensibilidade, então o dentista vai dosar conforme a sensibilidade do dente do paciente qual será o melhor jeito”.

pt Português
X
Open chat