Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

O Retorno das atividades Diplomáticas em Brasília

Foto: Pixabay
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Após o recesso de final de ano, as representações diplomáticas sediadas em Brasília estão retomando aos poucos suas agendas de eventos e de interlocução com a imprensa.

Os últimos dias foram marcados por diversas manifestações e eventos, dentre os quais destacamos:

Embaixador do Japão no Brasil Hayashi Teiji

“Para o Japão, o Brasil possui grande importância como um parceiro global estratégico que compartilha valores básicos como liberdade, democracia, respeito aos direitos humanos e o Estado de Direito.”

“Os aproximadamente 2 milhões de nikkeis brasileiros são laços humanos especiais entre os dois países. Eles constituem a pedra fundamental da nossa estreita amizade.”

“Os nikkeis introduziram a cultura e os valores japoneses na sociedade brasileira e, como resultado, muitos brasileiros se tornaram familiarizados com o Japão. Por exemplo, a comida japonesa, como sushi, yakissoba, tempura, etc., tornaram-se populares no Brasil, através dos festivais do Japão realizados por nikkeis em vários lugares.”

“Em novembro do ano passado, mais de 20 mil pessoas foram à Feira do Japão em Brasília, onde japoneses, nikkeis e não-nikkeis se divertiram muito juntos. A comunidade nikkei é uma importante ponte de amizade entre o Japão e o Brasil, aproximando os corações dos dois países. Eu continuarei a apoiar suas atividades da melhor forma que puder.”

Primeiro-Ministro da República Islâmica do Paquistão Sr. Imran Khan

“0 povo do Paquistão comemora o Dia da Solidariedade da Caxemira em reafirmação do nosso apoio inabalável aos caxemires em sua justa luta pelo direito inalienável à autodeterminação.”

“A disputa pelos territórios de Jammu e Caxemira ilegalmente ocupados pela Índia (IIOJK) é reconhecida internacionalmente, e sua resolução está firmemente ancorada nas Resoluções relevantes do Conselho de Segurança da ONU (CSNU).”

“As forças de ocupação indianas continuam a usar força bruta indiscriminadamente contra homens, mulheres, crianças e idosos caxemires.”

“A matança interminável, as prisões arbitrárias de caxemires e defensores dos direitos humanos, e a recusa da entrega dos restos mortais de mártires pelas forças de ocupação indianas são motivo de grande preocupação para a população global.”

“As ações indianas, destinadas a converter a maioria muçulmana dos IIOJK em minoria em sua própria terra, violam as resoluções do CSNU e o direito internacional, incluindo a 4ª Convenção de Genebra.”

“A paz, a segurança e o desenvolvimento duradouros na região dependem da resolução pacífica da disputa de Jammu e Caxemira. É imperativo que a Índia permita que os caxemires exerçam seu direito à autodeterminação por meio de um plebiscito livre e imparcial sob os auspícios das Nações Unidas sem mais prevaricação.”

Exibição sobre as ilhas Falklands promovido pela Embaixada do Reino Unido – O paraíso pouco conhecido

A Embaixada do Reino Unido em Brasília promoveu uma exibição de fotografias sobre as “Falkland Islands” com foco nas suas belezas naturais, na enorme quantidade de pinguins, e também nos exóticos pássaros que habitam o arquipélago, com o intuito de fomentar o turismo na região.

Situadas no Atlântico Sul, as Faklands ficam a aproximadamente 643 quilômetros do continente e a 1.367 quilômetros ao norte do Círculo Polar Antártico.

O arquipélago é formado por duas ilhas principais, Falklands Oriental e Ocidental, além de outras 778 ilhas menores, com população total de aproximadamente 3.200 habitantes, na sua maioria britânicos.

É uma democracia autônoma dirigida por uma assembleia legislativa composta de oito membros eleitos, que regem tudo com exceção das relações exteriores e de defesa, que ficam por cargo do Reino Unido.

As ilhas são economicamente autossuficientes e com fortes indústrias de pesca, agropecuária, turismo, além de indústrias do setor privado.

Durante a exibição foi servido um coquetel com a presença de vários embaixadores e personalidades da Capital Federal, que puderam apreciar a beleza das ilhas, por meio dos registros fotográficos.

Colaborou: Fabiana Ceyhan

pt Português
X