Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Celebrando o Nauryz

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Nauryz, lê-se Noruz, é uma festa tradicional da Ásia Central que celebra o Ano Novo do calendário persa,entre os dia 20, 21 ou 22 de março do calendário Gregoriano, a depender do equinócio de primavera.

Na celebração promovida pela embaixada do Cazaquistão, o Embaixador Bolat Nussupov observou que “o Nauryz é um feriado muito antigo e estimado no Oriente, que personifica o início do Ano Novo, a atualização da natureza e o início de uma nova vida.”
O diplomata cazaque realçou que tradicionalmente este feriado brilhante significa paz, bem-estar e prosperidade. Neste dia as pessoas desejam umas às outras o que há de melhor, perdoam todas as falhas anteriores e se reconciliam.

Em seu discurso, o Embaixador anunciou que será criado grupo de trabalho com a finalidade de estreitar as relações entre Brasil e Cazaquistão para fomentar laços culturais entre os dois países e o comercio bilateral de produtos do agronegócio e da mineração.
Rememorou o 150º aniversário de Akhmet Baitursynov, educador cazaque, crítico literário, turcologista, poeta, figura pública e publicista político, o qual contribuiu significativamente para o desenvolvimento da literatura cazaque.

Aproveitou o ensejo para informar sobre os planos da Embaixada de promover a abertura de cursos de língua cazaque na Universidade Fluminense, bem como a realização de festival de cinema cazaqueno Rio de Janeiro.

Novo point das artes

 No badalado Centro Comercial Gilberto Salomão, situado no nobre bairro Lago Sul aqui em Brasília, foi Inaugurado o novo espaço de artes e antiguidades, Mercato.

A iniciativa é dos amantes da arte Roberto Corriere, Bruno Poppi e Antônio Aversa.

O espaço conta com variadas expressões artísticas, que vão de antiguidades, arte contemporânea, relógios, tapetes, mobiliários e tem até um impecável Karmann Ghia aberto ano 1969.

É possível conferir as obras de renomados pintores nacionais e estrangeiros, dentre os quais Pitágoras, Paulino Aversa, Carlos Bracher, Eduardo Seud, Burle Marx.

Mobiliário de Sérgio Rodrigues, Jorge Zalsupin, tenreiro, peças assinadas pelo designer Tunico Lages além dos belíssimos Tapetes persas do século XIX e século XX.

pt Português
X
Open chat