Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Ensaios técnicos das escolas de samba paulistas entram na reta final

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Fecham os ensaios, na sexta-feira (1), a partir de 20h30, Acadêmicos do Tatuapé, Mocidade Unida da Mooca e Nenê de Vila Matilde; no sábado (2), a partir das 16h45, é a vez de Uirapuru da Mooca, Colorado do Brás, Águia de Ouro, Mocidade Alegre, Mancha Verde e Unidos de Vila Maria.

Começaram a ser vendidos hoje (26), na bilheteria do Portão 1 do Sambódromo do Anhembi, os ingressos para o desfile das escolas de samba de 2022. O funcionamento será até as 20h. A Liga das Escolas de Samba de São Paulo (Liga-SP) informou que cerca de 30 mil ingressos estarão disponíveis. Pela internet, a venda já está disponível desde o dia 10 de fevereiro no site Clube do Ingresso.

O adiamento dos desfiles, que ocorrem fora do período normal do carnaval, se deu pela explosão de casos da covid-19 por causa da variante Ômicron em janeiro e fevereiro. Os ingressos adquiridos antes da mudança de data valem automaticamente para abril, não sendo necessário trocar, basta apresentar nas catracas.

No dia 16 de abril, será o desfile do grupo de Acesso 2, a partir das 20h. No dia 21 de abril, desfilam as escolas de samba do grupo de Acesso, às 20h. Nos dias 22 e 23, será a vez das 14 agremiações do Grupo Especial. No dia 29, na sexta-feira seguinte, será o Desfile das Campeãs, que fecha o Carnaval SP 2022.

Os valores dos ingressos para a arquibancada variam de acordo com os dias de desfile e com os setores. No dia 16 de abril, por exemplo, quando passam pela avenida as escolas do Acesso 2, o valor é R$ 10. No dia 21 de abril, o valor é R$ 50. Já nos dias do grupo Especial, os ingressos custam entre R$ 90 e R$ 190. Para o dia das campeãs, variam de R$ 70 a R$ 90.

Cerca de 40% dos ingressos são destinados para meia-entrada de estudantes, idosos, portadores de deficiência, jovens pertencentes a famílias de baixa renda, funcionários e professores das redes estadual e municipal de ensino de São Paulo.

 

 

Agência Brasil

pt Português
X
Open chat