Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Preferências

Foto: Pixabay
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Prefiro o vento frio do outono ao suadouro do verão.
Prefiro os cães inofensivos e alegres aos ferozes e guardiães.
Prefiro as casas pequeninas, pintadas de verde e roxo, com ladrilhos vermelhos aos condomínios luxuosos.
Prefiro o cinema de antigamente onde havia poesia e não carros voadores explodindo no ar.
Prefiro fotografias em preto e branco às modernas coloridas, porque preciso reconhecer minha infância perdida.
Prefiro ler poemas ao invés de declamá-los.
Prefiro Salinger a Proust.
Prefiro as pessoas singelasque riem delicadamente e gesticulam como se regessem orquestras imaginárias.Detesto os prepotentes.
Prefiro inventar combinações ousadas para minhas roupas e nãoseguir o lugar comum dos certinhos e chatinhos.
Prefiro o rock clássico, mas gosto também do Alceu Valença.
Prefiro namorar moças pequeninas para combinar com minha compleição meio oriental.
Prefiro esportes à política. Alguém acha sinceramente que o povo decide alguma coisa?
Prefiro as pessoas compassivas e silenciosas aos abutres que vivem apontando o dedo e lançando luzes sobre os pecados alheios.Adoro lugares santos.
Prefiro as igrejinhas modestas das cidades do interior e os garotinhos e as garotinhas que se vestem com roupa de festa para visitar o nosso senhor Jesus Cristo.
Prefiro sorvete de milho verdee não maracujá.
Prefiro viagens com data e hora certa para voltar.
Prefiro deixar o quarto bem escuroe as janelas entreabertas para dormir ouvindo a chuva cair.
Prefiro não fazer perguntas demais.
Prefiro óculos redondos porque me deixam bonitinho.
Prefiro os mártires cristãos aos padres televisivos e fanfarrões.
Prefiro fazer sexo com a mulher amada.Desprezo com todas as forças o patrulhamento ideológico.
Prefiro ser melancólico a ter aquele sorrisinhoartificial estampado no rosto.
Prefiro salada que tenha beterraba, pepino,sal, mas jamais pimenta.
Prefiro o pôr do sol e a noite chegando, enluarando a minha cidade.
Prefiro morrer dormindo, sem sofrimento, para ter o rosto beijado por Deus.
Prefiro Kafka aos influenciadores digitais.
Prefiroas frutas compradas na feira, uva e goiaba principalmente.
Prefiro observar pés femininos ao invés de consumir entorpecentes.
Prefiro os amigos de riso fácil e abraço acolhedor.
Prefiro caminhar ao invés de correre parecer uma atração de circo esquisitíssima.
Prefiro lutar como lutou Antão contra os demônios no deserto do Egito.
Prefiroentreter-me com o humor brasileiroe apreciar o casamento gastronômico de Romeu e Julieta.
Prefiro comer queijo e goiabada, fresquinhos, como alucinógenos na madrugada.

pt Português
X
Open chat