Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Princesa Leopoldina: A mãe da Independência

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Maria Leopoldina primeira imperatriz do Brasil, cumpriu um papel importante na independência do país, pois ela agiu diretamente para convencer D. Pedro a seguir o caminho da ruptura com Portugal. Os historiadores destacam que Leopoldina teve uma ótima leitura política ao perceber que o clima político poderia conduzir o país a transformar-se em uma república.

Ela entendeu que a única forma de manter o Brasil monárquico era fazer com que D. Pedro permanecesse no país para liderar a instalação de uma monarquia dos Bragança.

Na época ela ainda gozava de grande influência com o imperador e usou-a para conseguir firmeza em suas decisões. D. Pedro era indeciso e tomava atitudes com muita hesitação, e, nesse sentido, Leopoldina atuou para convencê-lo de que ele deveria voltar-se contra Portugal.

Foi Leopoldina quem assinou a declaração de independência do Brasil, já que foi ela, na ausência de D. Pedro, quem presidiu uma reunião emergencial que definiu a nossa independência, a carta enviada após essa reunião fez com que D. Pedro declarasse em 7 de setembro de 1822 a independência do Brasil.

pt Português
X
Open chat