Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Semana de festividades na capital federal

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Tomou posse na ultima terça-feira, o Conselho Federal da OAB com a presença de mais de 30 autoridades, entre elas o Vice-presidente da República General Hamilton Mourão que em seu discurso assegurou que a OAB foi e continua sendo essencial para a consolidação de um
efetivo Estado Democrático de Direito.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Luiz Fux, destacou que “A OAB é peça-chave não somente na busca pela justiça, mas pela própria pacificação social.”

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, afirmou que “Caberá aos conselheiros federais e ao presidente Beto Simonetti a defesa de liberdades públicas, de garantias individuais, de direitos fundamentais, da República e de seus fundamentos, do Estado Democrático de Direito e da Democracia”.

O presidente da OAB Beto Simonetti destacou que “O propósito maior da Ordem dos Advogados do Brasil é proteger as prerrogativas dos mais de um milhão e duzentos mil advogados brasileiros. E, ao mesmo tempo, ser guardiã da Constituição e do Estado do Direito.”

Em defesa das prerrogativas dos advogados, no ultimo dia 08 de março em celebração ao dia da mulher, o colégio de Presidentes do Conselho Federal da OAB após a análise do projeto n.º 49.0000.2019.007564-7 proposto em 2019 pela Conselheira Federal do Maranhão Dra. Karol
Carvalho, resolveu lançar a campanha “Advocacia sem Assédio”
efetivada pela Comissão Nacional da Mulher Advogada (CNMA), a qual receberá as denuncias e adotará medidas necessárias para a responsabilização dos perpetradores de todo e qualquer tipo de assédio contra advogadas e advogados.

Candido Portinari na embaixada da Itália

O Embaixador Francesco Azarello juntamente com o filho do artista, João Candido, estão promovendo exposição com obras do acervo particular do único herdeiro do artista.

A mostra segue até o dia 27 de março e conta com 28 obras originais de diferentes momentos da vida do autor, com diversas técnicas, incluindo um autorretrato, cartões de Natal, e uma gravura do quadro Retirantes.

Esteve presente no evento Manlio di Stefano, importante político italiano dentre diversas personalidades da capital.

Manlio lembrou que “Itália e Brasil estão distantes, mas unidos por um vínculo especial. O Brasil é o país com a maior comunidade italiana do mundo fora da Itália, devido à emigração de nossos compatriotas entre o final do século XIX e início do século XX. Brasil e Itália são parceiros estratégicos, compartilham raízes históricas e sociais comuns
e sólidas relações econômicas, com um intercâmbio comercial em rápido crescimento. A cooperação entre a Itália e o Brasil é de fundamental importância para abordar grandes questões globais, em particular, as mudanças climáticas e a transição ecológica”.

pt Português
X
Open chat