Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

7 orientações para economizar na Páscoa

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Faltando poucos dias para a Páscoa, é importante se programar para não se complicar financeiramente. “Nesta época, muitos agem por impulso e se desequilibram financeiramente. É preciso entender que esta data deveria estar prevista dentro do orçamento financeiro do ano. Independente do poder aquisitivo de cada pessoa e família é sempre possível economizar na Páscoa”, sinaliza o presidente da Associação Brasileira de Profissionais de Educação Financeira (ABEFIN), Reinaldo Domingos.

Para buscar por essa economia, as atitudes vão muito além de pesquisar pelo melhor produto com menor preço. “É preciso se reinventar a todo momento, ter mais criatividade e buscar pelo equilíbrio muito importante na educação financeira entre o investimento e o benefício. Falo investimento já que trata-se de um presente e quando presenteamos estamos praticando o ato de fazer o outro feliz”, explica Reinaldo Domingos.

Para auxiliar nesse ato de comprar o presidente as ABEFIN, Reinaldo Domingos trouxe algumas orientações, que podem ajudar nessa importante missão de comemorar esse importante feriado.

1- Atentar-se para o Orçamento Financeiro

Uma das grandes dificuldades das famílias está na falta de prever os itens sazonais. Isso não acontece somente na Páscoa, também é comum não se atentar para outras datas como Dia das Mães, Pais, Criança e até aniversários. Portanto é preciso que todos investimentos ou gastos que acontecem em alguns períodos do ano, estejam devidamente documentados no orçamento, com isso terá o valor necessário a ser despendido;

2- Na hora da Compra

Na educação financeira existe um importante conceito que é: “mais importante saber comprar, do que saber investir”, praticamente em tudo que gastamos e consumimos temos excessos e desperdícios. Isso também acontece na compra do ovo de Páscoa. É preciso saber quando de dinheiro está reservado para a busca e que caiba no orçamento financeiro. Muitas das pessoas que hoje encontram-se inadimplentes com o nome sujo, acabaram chegando a essa situação por não ter respeitado seu orçamento financeiro.

3- Forma de pagamento

Se no orçamento não tiver reservado nenhum recurso financeiro, esta compra dos ovos deverá ser a prazo, mas é preciso atenção aos valores contraídos. Se foram programados pagamentos no mês subsequente ou se ouve parcelamentos, este deverá estar previsto e reservado já para os próximos meses contemplados no orçamento. Agora, se o valor já estiver no orçamento, a decisão pode ser pelo pagamento à vista e desta forma a busca por descontos.

4- Escolha dos ovos

Uma vez conhecedor da disponibilidade financeira, chegou a hora de buscar pela escolha dos ovos, as opções de marcas são grandes, é preciso ouvir um pouco as pessoas que serão presenteadas, já vi muitas pessoas ganharem ovos e não gostarem do chocolate ou ainda não poder comer chocolates. A busca pela melhor relação entre investimento e benefício é o que deverá ser objetivado na escolha. Os preços podem variar muito de um local para outro. Atenção, essa variação pode chegar à 400%, por isso comece pesquisando na internet e não compre logo no início. Conhecendo os preços médios, chegou a hora de investir um tempo para ir presencialmente aos locais ou ligar, é preciso entender que quanto mais pesquisar, maior será chance de realizar uma ótima compra, atendendo os anseios daqueles que serão presenteados e em especial o seu bolso.

 

5- Outras oportunidades

Tem sido muito comum ao longo dos anos a fabricação de ovos de Páscoa caseiros. Na maioria das vezes esses não perdem em nada para aqueles que são fabricados pelas grandes marcas. O importante é sempre saber da procedência, muitas vezes são pessoas que buscam por rendas extras que necessitam complementarem seu orçamento. Sem dúvida alguma esses ovos caseiros acabam tendo preços menores e com isso quem optar por essa oportunidade descapitalizará menos dinheiro para este importante momento.

6- Compra coletiva inteligente

Essa dica pode se encaixar melhor para quando a família é grande, pois a compra coletiva pode reduzir os preços, repensando até as quantidades. A minha sugestão aqui é pela conversa entre os familiares e buscarem por uma compra inteligente, ou seja, havendo o diálogo a família poderá fazer com que cada membro desta ganhe um ovo da Páscoa, isso pode proporcionar um produto maior e com um custo e benefício melhor, já que terá como objetivo a compra de apenas um ovo e não de 5 ou 10 ovos para presentear cada membro da família. Essa economia pode chegar de 80% a 90% no bolso de todos.

7- Sentido da Páscoa

A Páscoa é uma celebração religiosa, sendo uma festa que surgiu sob influência Cristã. É preciso que as pessoas não percam essa essência. É importante que esses pontos sejam lembrando nesse momento, entendendo que não se trata somente de um ato comercial, por isso se deve ficar muito atentos ao seu verdadeiro sentido. Envolva seus familiares e celebrando, havendo esse entendimento, a economia será consequência!

pt Português
X
Open chat