Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Opção por feriado no interior eleva taxa de ocupação na rede hoteleira

Foto: Pedro Vilela / Agencia i7
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Muitas cidades que ficam no interior do país devem apresentar maior ocupação dos hotéis durante este feriado de Tiradentes, segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) Nacional.

No Rio Grande do Sul, por exemplo, a cidade de Gramado, na Serra Gaúcha, deve ultrapassar os 90% dos quartos ocupados no período. Por causa de eventos programados para o feriado, a taxa de ocupação dos hotéis da capital, Porto Alegre, deve superar a dos anos anteriores à pandemia, ficando acima de 50%.

Ainda de acordo com a ABIH Nacional, em Florianópolis, capital catarinense, a expectativa é de 65% de ocupação dos hotéis. Já a Serra Catarinense deve registrar ocupação de 88% e, a Costa Verde Mar, de 86%.

No Rio de Janeiro, apesar das atenções voltadas para os desfiles das escolas de samba, a capital chega a 85% de quartos reservados para o período, enquanto outras cidades, tradicionais indutoras do turismo no estado, atingem números próximos a 90%.

Ainda na Região Sudeste, em Minas Gerais, Belo Horizonte deve chegar a 60%, enquanto alguns municípios do interior, incluindo as cidades históricas, estão com expectativa de atingir a 90% de ocupação.

São Paulo segue a mesma tendência. Na capital, a média de ocupação hoteleira alcança 40%. As opções em destinos turísticos localizados nas diferentes regiões do litoral e do interior do estado já estão com ocupação de 80%.

O levantamento feito pela ABIH Nacional mostra ainda que, na Região Nordeste, Alagoas deve atingir quase 79% de ocupação no feriadão; o Rio Grande do Norte, 63%; e Sergipe, cerca de 60%.

Em Pernambuco, a expectativa é ultrapassar 70% de ocupação. No Ceará, a previsão é de apenas 52,71% de vagas ocupadas na rede hoteleira. Segundo a ABIH Nacional, a explicação para o resultado aquém das expectativas é o alto custo das passagens aéreas.

 

 

Agência Brasil

pt Português
X
Open chat