Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Para ser um homem charmoso

Foto: Pixabay
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

É preciso, acima de tudo, saber escolher as roupas adequadas. Por isso, opte por cores sóbrias e clássicas; entretanto, deve-se acrescer à serenidade um toque exótico. Por exemplo, use o costume azul marinho, adornado por um pequeno lenço liso, vermelho ou azul claro.

O corte é fundamental, dizem os estilistas. O caimento deve ser enxuto e confortável, seguindo o emolduramento do corpo. Usa-se hoje, graças aos italianos, as barras das calças cada vez mais curtas. Elegantíssimas. Exagere nesta tendência porque ela veio para ficar.

Um bom e sofisticado perfume também distingue – e como o faz – o homem charmoso. Prefira sempre os tenramente amadeirados, em especial os fabricados com cedro ou sândalo. Mas, neste caso vale a parcimônia: jamais use a fragrância em demasia, muito pelo contrário, o aroma duradouro e intenso deve impregnar a pele e o ambiente de maneira suave, sem alardes, nem exibicionismos.

Ouse na medida certa e construa um estilo absolutamente próprio! Que tal camisetas customizadas e sem barras, cortadas em decote V, acompanhadas por um bom jeans e tênis sneakers?

Para os irmãos carecas vale a dica de ouro: abusem dos chapéus e gorros em todas as ocasiões e em qualquer hora.

Óculos são um capítulo à parte: invista nas marcas realmente sofisticadas (sim, são caras e difíceis de encontrar, mas valem cada centavo). Minhas preferidas são a francesa Lesca, a alemã Lunor e a inglesa Cutler and Gross. Use modelos pequenos com aros grossos que realcem o alcance e a beleza do olhar. Óculos grandes somente os escuros que podem ultrapassar as sobrancelhas, mas não podem atrapalhar o movimento das maçãs do rosto em eventuais sorrisos.

Homens modernos usam mochilas e não pastas envernizadas, ultrapassadas e algo caretas. Sapatos sociais apenas em eventos específicos. Prefira o despojamento, mas com um toque de (des)elegância punk. Blazer e camisas desestruturadas com cores fortes são uma ótima opção. Relógios paulatinamente vem perdendo força na moda masculina.

Mas essas dicas de nada valem se você não cuidar de sua vida interior e dos gestuais perpetrados neste grande teatro que é o mundo.

Lá vão algumas regras gerais: o homem charmoso sempre fala baixo e discretamente. É educado e atencioso, independentemente da ocasião e das pessoas às quais se dirige. Você sempre vai ouvi-lo dizer bom dia, obrigado, sinta-se à vontade, por favor, etc.

Uma de suas características mais marcantes é o olhar atento e acolhedor, mas nunca invasivo ou bisbilhoteiro. Seu jeito de andar é viril e austero. Os ombros estão sempre aprumados. O tórax é o centro irradiador de sua natural sensualidade. Os passos nunca são excessivamente apressados nem flacidamente lentos.

O homem charmoso desfila com a singeleza de quem conhece todas as belezas e imperfeições humanas. Raramente discute política ou religião ou o que quer que seja, ao contrário, ao invés de perder tempo com vaidades inúteis, prefere ouvir música em silêncio para alcançar os momentos de transcendência e paz que todos nós, no fundo, sempre almejamos.

O homem charmoso é divertido. Gosta de encontros românticos reservados e excitantes. Toma sol à farta, pratica atividades esportivas, lê sempre poesia e jamais se deixa impressionar pelas imanentes misérias do mundo. Para ele, a cultura dos moralistas escandalizados, das celebridades e das elites presunçosas simplesmente não existe. Por isso, tem o semblante iluminado do guerreiro, maduro e misterioso como se pertencesse a outro mundo, muito melhor que o nosso.

pt Português
X
Open chat