Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Casos de covid-19 crescem 94% nos hospitais privados, diz associação

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

Casos confirmados de covid-19 cresceram 94% nos hospitais privados de todo o país, nas últimas duas semanas. Segundo a Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), nesse período, a taxa média de ocupação de leitos chegou a 84%. Em abril, esse número não passava de 77,5%.

“Estamos entrando em uma semana de maior preocupação em relação às duas últimas. O crescimento dos atendimentos nos pronto-atendimentos tem sido muito expressivo nos hospitais, o que reflete no aumento do número de internações e faz com que as instituições voltem a precisar ampliar a destinação de leitos para covid-19”, disse o diretor-executivo da Anahp, Antônio Britto.

Segundo a associação, dentre os atendimentos em pronto-socorro relacionados à doença, 4,52% precisaram de internação e cerca de 1,2% precisaram de encaminhamento para uma unidade de terapia intensiva (UTI).

A Anahp informou ainda que 5,5% dos profissionais de saúde dos hospitais privados precisaram ser afastados recentemente por diagnóstico positivo da covid-19. Já os casos de síndrome gripal cresceram 32%.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) fez um alerta sobre o aumento de casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no Brasil.

Segundo o boletim InfoGripe, divulgado ontem (9), o número de casos cresceu 39,5% entre a primeira e a última semana de maio. Na última semana de abril, a covid-19 respondia por 41,2% das síndromes respiratórias graves com teste positivo para algum vírus. Já na última semana de maio, o percentual chegou a 69%.

 

 

Agência Brasil

pt Português
X