Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Mais de 77 mil novas vagas de emprego foram criadas no estado do Rio de Janeiro em maio

Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

O Brasil registrou, em maio, mais um mês com alta na criação de vagas de emprego formal em todo o país. Foram mais de 277 mil novos postos de trabalho, com destaque para a região Sudeste, com um saldo de 147.846 vagas. Só no estado do Rio de Janeiro, foram abertos mais 77.648 novos postos de trabalho com carteira assinada.

Os dados são do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgado pelo Governo Federal na terça-feira (28).

O setor de Serviços foi o grande destaque do mês. Somente no Rio de Janeiro, foram criadas mais de 10 mil novas vagas distribuídas, principalmente, em atividades de informação, comunicação, financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas. Destaque também para o setor do Comércio, que gerou 4.181 novos empregos, respectivamente.

Acumulado do ano

Com os resultados obtidos em maio, o estado do Rio de Janeiro alcançou a marca de 3 milhões 311 mil trabalhadores com vínculo formal.

Os dados sobre a criação de novos empregos são positivos em todas as Unidades da Federação. Foram mais de 1 milhão e 51 mil novos postos abertos, de janeiro a maio de 2022. Desde 2019, o Brasil gerou cerca de 4 milhões e 270 mil novas oportunidades para os trabalhadores.

Além do aumento no número de empregos formais, o Brasil registrou queda no número de desempregados, alcançando 9,4% em abril, a menor taxa em sete anos.

Os dados são do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgados na sexta-feira (24). A população empregada em abril chegou a 97,8 milhões de trabalhadores, o maior patamar da série histórica, que iniciou em 2012.

Investimentos

Com foco na retomada da economia, o Governo Federal injetou na economia do estado do Rio de Janeiro cerca de R$ 547,1 milhões em maio deste ano, com o pagamento do Auxílio Brasil. A iniciativa beneficiou 1,3 milhões de famílias.

Para realizar o sonho da casa própria, cerca de 63 mil famílias fluminenses receberam residências por meio do Programa Casa Verde e Amarela. Ainda, para auxiliar quem está em vulnerabilidade social, mais de 473 mil pessoas receberam o Auxílio Gás desde o início da gestão.

pt Português
X