Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. ©2019 Diário do Rio.

Bate Papo Agenda 2030

Foto: Jornal DR1
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

A Câmara de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro (CAERJ) e a Câmara de Comércio e Indústria do Brasil (CISBRA), sediaram em sua sede no Centro do Rio de Janeiro, um debate sobre o desenvolvimento sustentável do estado, o “Bate Papo Agenda 2030”.

O debate foi mediado pelo CEO da CAERJ, o cônsul Mario Scangarelli, os convidados foram o deputado estadual Thiago Pampolha, o presidente da CISBRA Paulo Protasio e a Subsecretária de Recursos Hídricos e Sustentabilidade do Rio de Janeiro, Ana Asti.

Com integrantes do poder público e da iniciativa privada na platéia, o debate é mais um evento de uma série de encontros realizados pela CAERJ, buscando uma melhora na qualidade do meio ambiente e buscando cada vez mais inserir o Rio de Janeiro em um contexto de proteção ao meio ambiente.

No mesmo evento o deputado indicou aos presentes que uma das principais missões é fazer com que o Rio de Janeiro, possa sediar o encontro do G-20 no ano de 2024.

Na mesma ocasião, o CEO da CAERJ afirmou que a busca por soluções é imediatas “Já estamos em 2022, estamos atrasados no andamento da agenda 2030 do Rio de Janeiro.”, disse Scangarelli.

Em entrevista ao Jornal DR1, a subsecretária Ana Asti afirmou que a comissão que recentemente esteve em Portugal, trouxe na bagagem novos ideais e ensinamentos para colocar em prática no Brasil, um melhor desenvolvimento sustentável e assim estabelecer o Brasil e o Rio de Janeiro, junto com a sociedade em modelos no quesito sustentabilidade.

pt Português
X