Categorias
Destaque Economia Política Rio

Bolsonaro nomeia presidente e diretores do BC para mandatos fixos

Da Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, e sete diretores para cumprirem mandatos fixos na diretoria da instituição.

Essa nomeação ocorreu devido à Lei Complementar nº 179, sancionada em fevereiro de 2021, que estabelece autonomia para o BC, com mandatos para os dirigentes da autarquia.

De acordo com os decretos publicados na edição de hoje (20) do Diário Oficial da União, Fábio Kanczuk e João Manoel Pinho de Mello cumprirão mandato até 31 de dezembro deste ano. Bruno Serra Fernandes e Paulo Sérgio Neves de Souza terão mandatos até 28 de fevereiro de 2023, Maurício Costa de Moura, até 31 de dezembro de 2023 e, por fim, Campos Neto, Carolina de Assis Barros e Otávio Ribeiro Damaso ficarão até 31 de dezembro de 2024.

Todos os nomeados poderão ter seus mandatos renovados por apenas uma vez.

Conforme divulgado em 18 de março, a diretora Fernanda Nechio pediu desligamento por motivos pessoais e será exonerada após a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em maio. Até lá, ela continuará à frente da área de Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativos.

O BC aguarda a aprovação da substituta de Nechio pelo Senado Federal, a economista Fernanda Magalhães Rumenos Guardado. Ela deverá ser nomeada pelo presidente da República para cumprir mandato fixo até 31 de dezembro de 2023.

Categorias
Brasil Destaque Política Rio

Polícia Federal combate fraudes em universidade federal do Rio

Da Agência Brasil

Policiais federais cumprem hoje (20) nove mandados de busca e apreensão contra suspeitos de fraudar contratos na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio). Os mandados foram expedidos pela 8ª Vara Federal Criminal do Rio, nas cidades do Rio, Saquarema e Rio Bonito.

Segundo a Polícia Federal (PF), investigações constataram indícios da prática de direcionamento e superfaturamento em contrato firmado com empresa especializada na prestação de serviços continuados de operação, manutenção preventiva, corretiva e emergencial.

O material apreendido na Operação Predestinado será periciado e usado para aprofundar as investigações. A Agência Brasil entrou em contato com a UniRio e aguarda um posicionamento da universidade.

Categorias
Brasil Destaque Política Rio

Polícia Federal combate fraudes em universidade federal do Rio

Da Agência Brasil

Policiais federais cumprem hoje (20) nove mandados de busca e apreensão contra suspeitos de fraudar contratos na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio). Os mandados foram expedidos pela 8ª Vara Federal Criminal do Rio, nas cidades do Rio, Saquarema e Rio Bonito.

Segundo a Polícia Federal (PF), investigações constataram indícios da prática de direcionamento e superfaturamento em contrato firmado com empresa especializada na prestação de serviços continuados de operação, manutenção preventiva, corretiva e emergencial.

O material apreendido na Operação Predestinado será periciado e usado para aprofundar as investigações. A Agência Brasil entrou em contato com a UniRio e aguarda um posicionamento da universidade.

Categorias
Brasil Destaque Política Rio

Polícia Federal combate fraudes em universidade federal do Rio

Da Agência Brasil

Policiais federais cumprem hoje (20) nove mandados de busca e apreensão contra suspeitos de fraudar contratos na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio). Os mandados foram expedidos pela 8ª Vara Federal Criminal do Rio, nas cidades do Rio, Saquarema e Rio Bonito.

Segundo a Polícia Federal (PF), investigações constataram indícios da prática de direcionamento e superfaturamento em contrato firmado com empresa especializada na prestação de serviços continuados de operação, manutenção preventiva, corretiva e emergencial.

O material apreendido na Operação Predestinado será periciado e usado para aprofundar as investigações. A Agência Brasil entrou em contato com a UniRio e aguarda um posicionamento da universidade.

Categorias
Brasil Destaque Política Rio

Polícia Federal combate fraudes em universidade federal do Rio

Da Agência Brasil

Policiais federais cumprem hoje (20) nove mandados de busca e apreensão contra suspeitos de fraudar contratos na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio). Os mandados foram expedidos pela 8ª Vara Federal Criminal do Rio, nas cidades do Rio, Saquarema e Rio Bonito.

Segundo a Polícia Federal (PF), investigações constataram indícios da prática de direcionamento e superfaturamento em contrato firmado com empresa especializada na prestação de serviços continuados de operação, manutenção preventiva, corretiva e emergencial.

O material apreendido na Operação Predestinado será periciado e usado para aprofundar as investigações. A Agência Brasil entrou em contato com a UniRio e aguarda um posicionamento da universidade.

Categorias
Brasil Destaque Política Rio

Polícia Federal combate fraudes em universidade federal do Rio

Da Agência Brasil

Policiais federais cumprem hoje (20) nove mandados de busca e apreensão contra suspeitos de fraudar contratos na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio). Os mandados foram expedidos pela 8ª Vara Federal Criminal do Rio, nas cidades do Rio, Saquarema e Rio Bonito.

Segundo a Polícia Federal (PF), investigações constataram indícios da prática de direcionamento e superfaturamento em contrato firmado com empresa especializada na prestação de serviços continuados de operação, manutenção preventiva, corretiva e emergencial.

O material apreendido na Operação Predestinado será periciado e usado para aprofundar as investigações. A Agência Brasil entrou em contato com a UniRio e aguarda um posicionamento da universidade.

Categorias
Destaque Diário do Rio Música

Rei Roberto Carlos completa 80 anos e ganha homenagens

O cantor Roberto Carlos, considerado “rei” da música brasileira, comemora seu aniversário de 80 anos nesta segunda-feira (19) e, durante todo o dia, recebeu várias homenagens.

Nomes como Vanessa da Mata, Gal Costa, Eri Johnson, Neguinho da Beija-Flor, Daniel, Marisa Orth, Lilia Cabral, entre outros, entre outros, foram às redes sociais postar seus parabéns ao cantor.

Roberto Carlos nasceu em 1941 em Cachoeiro do Itapemirim, pequena cidade no interior do Espírito Santo. Foi o quarto filho de de Robertino Braga e dona Laura Moreira Braga.

A assessoria do cantor informou que, por causa da pandemia, a comemoração do aniversário será dentro das recomendações da saúde e que Roberto Carlos celebra em isolamento.

“Atendendo às diretrizes da OMS (Organização Mundial de Saúde) no que diz respeito a aglomerações e em respeito à grave situação que vivemos, Roberto Carlos não aparecerá na varanda como é de costume nesta data. Ele pede que ninguém vá até a porta de seu apartamento, que, sempre que possível, todos permaneçam em suas casas, em isolamento social até que seja seguro retornarmos à rotina”, informou trecho da nota publicada no site oficial do cantor.

A assessoria do artista ainda informou que Roberto Carlos já foi imunizado com a vacina contra a covid-19.

“Roberto Carlos agradece às demonstrações de carinho que já vem recebendo, a compreensão de vocês, reforça que isso é para o bem de todos e manda um beijo muito carinhoso para todos”.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias

Filho adotivo de Flordelis diz que ela sabia do assassinato do marido

Da Agência Brasil

Ao depor nesta segunda-feira (19) no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, Lucas dos Santos de Souza, filho adotivo da deputada Flordelis (PSD-RJ), disse que não tinha como a mãe não ter conhecimento do planejamento do assassinato de seu marido, o pastor Anderson do Carmo.

O crime aconteceu em junho de 2019, em Niterói (RJ). Em razão do homicídio, Flordelis foi acusada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) de ser a mandante do crime. Ela também responde a um processo no Conselho de Érica por quebra de decoro parlamentar. Ela nega as acusações.

O depoimento foi prestado por videoconferência. Lucas está preso pela participação no homicídio. Ele é acusado de ter comprado a arma do crime, encontrada na casa da deputada. Outro filho de Flordelis, Flávio dos Santos, é apontado como autor dos disparos e foi preso no velório do padrasto.

Ao ser questionado pelo relator do processo, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), se o pastor teria morrido, da forma como morreu, sem que Flordelis soubesse, a testemunha disse que não. “Não, não tinha”, respondeu Lucas.

O deputado perguntou ainda se o plano para assassinar o pastor teria se concretizado se Flordelis não tivesse participado ou tivesse tentado impedir. Lucas dos Santos disse que se a deputada não tivesse participação nos atos, Anderson ainda estaria vivo.

“Não teria ocorrido [o homicídio], com certeza não teria ocorrido. Ele estaria vivo até hoje”, afirmou.

Durante o depoimento, Lucas de Souza disse que não recebeu diretamente de Flordelis qualquer informação ou ordem para que o crime ocorresse. Lucas também disse que quem entrou em contato com ele, pela primeira vez, para tratar do crime, em janeiro de 2019, foi outra filha adotiva de Flordelis, Marzy Teixeira.

“Ela me ofereceu um dinheiro, falou que o Anderson estava atrapalhando a vida dela, a vida da minha mãe. Na época eu estava no tráfico de drogas. Ela me ofereceu um valor de R$ 10 mil e alguns relógios”, disse Lucas.

Ao relator, ele disse que quem repassou o dinheiro para a compra da arma do crime, que custou R$ 8,5 mil, foi Flávio.

“Ele [Flávio] falou que estavam ameaçando ele, queria comprar para poder se defender”, disse Lucas. Flávio, no entanto, não tinha condições financeiras, segundo Lucas, e o dinheiro possivelmente seria de Flordelis.

Ao ser questionado se recebeu algum tipo de orientação para assumir a autoria do crime, Lucas disse que recebeu uma carta de Flordelis, na qual a deputada pediu que ele dissesse às autoridades ter sido o responsável pelo crime.

Segundo Lucas, as cartas foram repassadas a ele por outro detento, Marcos Siqueira, cuja esposa Andrea Santos Maia seria conhecida da deputada. Andrea, que também está presa, é acusada de fraudar a carta em que Lucas confessa a morte do pastor.

“Uma dessas cartas ela mandou pedindo para eu assumir a autoria do crime, senão podia atrapalhar ela, falou que iam prender ela, que ela não ia me abandonar, ia me dar toda a assistência”, disse.

Flordelis

Em março, durante reunião do Conselho de Ética, Flordelis reafirmou ser  inocente e disse estar sofrendo um processo de “perseguição implacável”.

“Eu, Floderlis, sou inocente. Eu não matei o meu marido, não participei de nenhum ato de conspiração contra a vida de um homem que foi meu companheiro por mais de 20 anos”, afirmou.

A deputada disse que não pode ser julgada e condenada antes que todo o processo seja concluído. Segundo Flordelis, a mandante do assassinato foi sua filha Simone.

Aos deputados Flordelis disse ainda não ter tido “coragem” de ouvir a confissão da filha Simone. Segundo Flordelis, a filha teria mandado executar Anderson por estar sendo vítima de assédio por parte do pastor. “Isso não está certo. Não era esse o caminho que ela tinha que tomar”, disse Flordelis referindo-se à decisão da filha de mandar matar o seu companheiro.

Categorias
Destaque Diário do Rio Notícias

Câmara do Rio desliga Dr. Jairinho da Comissão de Justiça

Da Agência Brasil

O vereador Jairo Souza Santos Jr., o Dr. Jairinho, suspeito da morte do menino Henry Borel, de 4 anos, foi desligado da Comissão de Justiça e Redação da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

A decisão, do presidente da Casa, Carlo Caiado, foi publicada na edição desta segunda-feira (19) do Diário Oficial da Câmara.

A justificativa usada por Caiado para desligar o parlamentar foi a expulsão de Dr. Jairinho dos quadros do Partido Solidariedade (SD). Jairinho foi expulso do SD depois de ter sido preso pela Polícia Civil, há duas semanas, suspeito de matar seu enteado, o menino Henry, no início de março.

Outra suspeita da morte, a mãe da criança, Monique Medeiros, namorada do parlamentar, também foi presa.

Categorias
Cultura Destaque Educação Notícias Política Rio

Ensino presencial será retomado em mais escolas municipais no Rio

A Secretaria Municipal de Educação do Rio vai retomar o ensino presencial em mais unidades da cidade. Na quarta-feira, dia 21/4, 301 unidades receberão alunos. E na quinta-feira, dia 22/4, mais 63 escolas retomam com o ensino presencial. Além disso, poderão voltar à sala de aula, além de crianças da Pré-escola, 1º ano e 2º ano, estudantes do 3º ano, 4º ano, 5º ano e 6º Ano Carioca (que tem professores generalistas, assim como as turmas dos anos iniciais). Com isso, a SME volta a oferecer aula presencial a todo Ensino Fundamental I. A partir desta semana, a rede municipal de educação do Rio terá 783 unidades escolares com ensino presencial.

O secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha, reforça que a rede tem um rigoroso protocolo sanitário, o que permite o retorno das aulas presenciais com responsabilidade.

“As escolas municipais do Rio ficaram cerca de um ano fechadas, sem atividades pedagógicas presenciais. As que vão retornar nesta semana, ficaram quase um ano e dois meses sem ensino presencial. Quando assumimos, em janeiro de 2021, começamos a resolver problemas de uma rede que estava muito fragilizada, sem o apoio necessário da Secretaria. Recentemente, destinamos mais de R$ 18 milhões para as unidades escolares fazerem ajustes e pequenas reformas. Antes de uma escola retomar com o ensino presencial, ela precisa passar por todas as adequações necessárias e, assim, se tornar apta a receber alunos, professores, funcionários, pais e responsáveis com segurança”, afirmou.

Ferreirinha acrescenta que a SME está pronta para ouvir a comunidade escolar e lembra que há diferentes canais para a pasta receber sugestões.

“Estamos atentos e pedimos que quem encontrar algum problema ou tiver qualquer sugestão nos comunique. Pode procurar a direção da unidade, a Coordenadoria Regional de Educação ou entrar em contato pelo 1746, o canal de atendimento da prefeitura. Agiremos rapidamente. Estamos trabalhando com muita responsabilidade para oferecer uma educação de qualidade para cada aluno da rede. Sabemos que nossas crianças precisam da escola para aprender e se desenvolver. Além do mais, para a maioria delas, a escola com as medidas sanitárias adequadas é o lugar mais seguro que elas podem ter”, reforça o secretário Ferreirinha.