Categorias
Destaque Esportes Futebol Notícias

Robert Lewandowski é eleito pela segunda vez o melhor do mundo

O atacante alemão Robert Lewandowski levou pela segunda vez consecutiva o prêmio Fifa The Best para melhor jogador masculino. Ele superou Lionel Messi e Mohamed Salah para se sagrar bicampeão. O jogador do Bayern de Munique e da seleção polonesa marcou 48 gols na temporada 2020/2021, foi campeão Alemão e da Supercopa da Alemanha.

Erik Lamela levou o Prêmio Puskás, concedido ao autor do gol mais bonito. O ponta-direita, atualmente no Sevilla, fez um golaço contra o Arsenal, quando defendia o Tottenham, em 14 de março de 2021. Ele balançou as redes aos 32 minutos do primeiro tempo, quando recebeu passe dentro da área e bateu de primeira, de letra, acertando o canto esquerdo do goleiro. Lamela foi o primeiro argentino a conquistar o Prêmio Puskás.

O prêmio Fair Play ficou com a seleção dinamarquesa e a equipe médica da Dinamarca. Finlândia e Dinamarca se enfrentavam pela Eurocopa quando o meia Christian Eriksen sofreu uma parada cardíaca e desmaiou em campo. A rápida ação da equipe médica da seleção dinamarquesa e os serviços de emergência do estádio foram cruciais para salvar a vida do jogador.

O prêmio Fifa Fans foi para os torcedores dinamarqueses e finlandeses presentes no estádio Parken, em Copenhague, pela postura e união após o mal súbito sofrido por Christian Eriksen. Prêmio especial feminino ficou com  Christine Sinclair. Maior artilheira de seleções, contando homens e mulheres, com 188 gols marcados pelo Canadá.

O Prêmio Especial Masculino foi para Cristiano Ronaldo. Maior artilheiro de todas as seleções masculinas. No masculino, o prêmio de melhor técnico foi de Thomas Tuchel, campeão da Liga dos Campeões pelo Chelsea, da Inglaterra. Os ingleses podem encarar, em fevereiro, o Palmeiras, na final do Mundial de Clubes, que acontece nos Emirados Árabes. O Verdão é o atual campeão da Libertadores.

Espanhola Alexia Putellas ganha pela primeira vez

A melhor jogadora do mundo é Alexia Putellas. A meio-campista de 27 anos, da Seleção Espanhola e do Barcelona, venceu o prêmio pela primeira vez, derrotando Jenni Hermoso e Sam Kerr. Putellas também já havia conquistado a Bola de Ouro e, com o time catalão, venceu a Liga dos Campeões, o Campeonato Espanhol e a Copa da Rainha.

 

Categorias
Brasil Destaque Esportes Notícias

Brasil convoca 11 atletas para Olimpíada de Inverno de Pequim

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou nesta segunda (17), por meio do Twitter, os onze integrantes da delegação que vai representar o país nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim (China) que ocorrerão de 4 a 20 de fevereiro. Entre estreantes e veteranos, os brasileiros buscam o primeiro pódio na história em uma edição de inverno.  Os atletas que vão competir pelo Brasil estão espalhados por cinco modalidades: esqui cross country, esqui estilo livre, esqui alpino, skeleton e bobsled

A delegação brasileira possui alguns nomes experientes, como o de Jaqueline Mourão. A mineira de 46 anos vai para a oitava participação dela em Jogos Olímpicos, sendo seis de inverno e dois de verão (competiu no ciclismo mountain bike em Atenas 2004 e Pequim 2008, curiosamente onde volta a competir agora). Ela é um dos três nomes do esqui cross country, junto a Bruna Moura e Manex Silva. Mourão é a atleta brasileira com mais participações em Jogos Olímpicos.

Outro que retorna a Pequim depois de catorze anos – e com outro clima – é Jefferson Sabino. Em 2008, ele defendeu o Brasil no salto triplo. Agora, é um dos cinco integrantes do time brasileiro de bobsled, que também conta com Erick Vianna, Edson Martins, Rafael Souza e Edson Bindilatti. Este último vai à quinta Olimpíada de inverno da carreira. Ele declarou que esta será a derradeira.

Outros nomes da delegação são: Nicole Silveira, do skeleton, Michel Macedo, do esqui alpino e Sabrina Cass, do esqui estilo livre. Cass, de 19 anos, nasceu, cresceu e vive nos Estados Unidos, mas tem mãe brasileira. Competiu pela bandeira norte-americana por muito tempo – foi até campeã mundial juvenil em 2019 – mas passou a defender o Brasil no fim de 2021.

Segundo o cronograma do Comitê Olímpico do Brasil (COB), a partir do dia 20 integrantes da equipe operacional começam a viajar para a China, para fazer os preparativos nas duas vilas olímpicas que receberão atletas do país, em Yanqing (onde ficarão o bobsled, esqui alpino e skeleton) e Zhangjiakou (casa do esqui cross country e esqui estilo livre). A terceira vila, em Pequim, não terá nenhum atleta do Brasil. Ainda de acordo com o COB, a previsão é que os primeiros atletas brasileiros cheguem a partir do dia 27 e a delegação esteja completa no dia 29.

O Brasil esteve presente nas últimas oito edições dos Jogos Olímpicos de Inverno, a partir de 1992, mas nunca obteve um pódio. A maior delegação que o país já levou à competição foi em Sochi, na Rússia, em 2014, quando contou com 13 atletas.

 

Agência Brasil

 

Categorias
Destaque Esporte Esportes Mundo Notícias

Com vacinação obrigatória na França, Djoko pode perder Roland Garros

Dá Agência Brasil

O tenista número um do mundo, Novak Djokovic, pode ser impedido de jogar no Aberto da França se as coisas permanecerem como estão agora depois que o Ministério dos Esportes da França afirmar nesta segunda-feira (17) que não haveria isenção ao atleta da nova lei francesa sobre passaporte de vacina.

Djokovic, que não foi vacinado contra a covid-19, foi deportado da Austrália no domingo (16) antes do primeiro torneio de Grand Slam do ano, o Aberto da Austrália, após perder um processo judicial para que o cancelamento de seu visto fosse anulado.

A lei francesa sobre passaporte de vacinas, aprovada pelo Parlamento no domingo (16), exigirá que as pessoas tenham um certificado de vacinação para entrar em locais públicos, como restaurantes, cafés, cinemas e trens de longa distância.

“A regra é simples. O passaporte de vacina será imposto, assim que a lei for promulgada, nos estabelecimentos que já estavam sujeitos ao passaporte sanitário”, disse o ministério. “Isto se aplicará a todos que são espectadores ou esportistas profissionais. E isto até segunda ordem”. “Agora, no que diz respeito a Roland Garros, é em maio. A situação pode mudar até lá e esperamos que seja mais favorável. Veremos, mas claramente não há isenção.”

O sérvio Djokovic, que foi impedido de buscar seu 21º título de um torneio de Grand Slam, um recorde masculino, no Aberto da Austrália, recusou-se a tomar a vacina contra a covid-19 e foi criticado por participar de eventos públicos no mês passado, após ter um teste positivo para o coronavírus.

Categorias
Destaque Esportes Notícias

Tribunal indefere recurso de Novak Djokovic, que é deportado da Austrália

Da Agência Brasil

O Tribunal Federal australiano indeferiu recurso do tenista Novak Djokovic contra ordem de deportação, que implica proibição de entrar durante três anos na Austrália. Três juízes do Tribunal Federal confirmaram decisão tomada na sexta-feira (14) pelo ministro da Imigração, de cancelar o visto do sérvio, de 34 anos, por motivos de interesse público.

A decisão significa provavelmente que Djokovic, que não está vacinado contra a covid-19, vai permanecer detido em Melbourne até ser deportado. A ordem de deportação inclui também, geralmente, proibição de três anos de entrar no país.

Djokovic fica assim impossibilitado de disputar o Open da Austrália, que começa nesta segunda-feira (17).

O ministro cancelou o visto, alegando que a presença de Djokovic no país pode constituir risco para a saúde e “ser contraproducente para os esforços de vacinação de outros na Austrália”.

O visto de Djokovic foi inicialmente cancelado em 6 de janeiro no aeroporto de Melbourne, horas após sua chegada para competir no primeiro torneio de Grand Slam de 2022,.

Um funcionário fronteiriço cancelou o visto, depois de decidir que Djokovic não era elegível para isenção médica das regras da Austrália para visitantes não vacinados.

Djokovic

O tenista sérvio disse que está “desapontado” pelo fato de o tribunal ter indeferido o recurso que apresentara contra a ordem de deportação. A decisão vai impedi-lo de participar no Open da Austrália 2022.

Ele divulgou declaração pouco depois de três juízes do Tribunal Federal australiano terem confirmado unanimemente decisão tomada na sexta-feira (14) pelo ministro da Imigração, Alex Hawke, de cancelar o visto do sérvio de 34 anos por motivos de interesse público, uma vez que não está vacinado contra a covid-19.

“Respeito a decisão do Tribunal e cooperarei com as autoridades competentes em relação à minha saída do país”, afirmou.

Djokovic disse estar “desconfortável” com o fato de a atenção ter se centrado nele, desde que o visto foi cancelado pela primeira vez à chegada ao aeroporto de Melbourne, em 6 de Janeiro.

“Espero que possamos agora nos concentrar no jogo e no torneio que adoro”, acrescentou.

 

Categorias
Destaque Esportes Futebol Notícias Rio

Fluminense domina Ponte Preta e avança às oitavas da Copa São Paulo

Da Agência Brasil

Três equipes encerraram a tarde desta sexta-feira (14) garantidas nas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Destaque à vitória do Fluminense por 3 a 0 sobre a Ponte Preta no Estádio Hudson Buck Ferreira, em Matão (SP).

O Fluminense saiu na frente com um minuto da etapa inicial, em cabeçada do atacante John Kennedy, após cruzamento do lateral Jhonny pela direita. Aos 36, Matheus Martins foi derrubado na área pelo zagueiro Henrique. Ele próprio bateu e converteu a penalidade. No segundo tempo, aos 47 minutos, o também atacante Luan Brito chutou de fora da área e definiu o placar.

O Tricolor pega o vencedor do confronto entre Santos e Ferroviária, que jogam às 19h30 (horário de Brasília) desta sexta, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP). O próximo duelo dos cariocas ainda terá data, local e horário anunciados pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Também nesta sexta à tarde, Bahia e Mirassol se classificaram ao baterem Votuporanguense e Sport por 1 a 0 e 2 a 0, respectivamente. Baianos e paulistas serão adversários na próxima fase da Copinha e aguardam a FPF informar quando e onde será a partida.

Na Arena Plínio Marin, em Votuporanga (SP), o Bahia fez o gol da vitória aos 48 minutos do primeiro tempo, em falta cobrada pelo meia Patrick. No Estádio Manoel Francisco Ferreira, em Bálsamo (SP), o Mirassol abriu o placar aos 41 minutos de jogo. O atacante Kauan encobriu a marcação e deixou o volante Du Fernandes na cara do gol para abrir o placar. Nos acréscimos da etapa final, o atacante Tota aproveitou uma saída errada do goleiro Adriano e decidiu a classificação dos paulistas.

Categorias
Brasil Destaque Esportes Notícias Notícias do Jornal

Corinthians aumenta distância na ponta do ranking feminino de clubes

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta sexta-feira (14) a atualização anual do ranking nacional de clubes no futebol feminino. Atual campeão paulista, brasileiro e da Libertadores, o Corinthians não apenas manteve a liderança como aumentou a diferença para a segunda colocada Ferroviária.

Em 2021, o Timão assumiu a ponta com 10.792 pontos, deixando as Guerreiras Grenás para trás, com 9.216 pontos. Na atualização de 2022, o Alvinegro subiu para 11.360 pontos, enquanto a equipe do interior paulista desceu para 8.952 pontos.

A estatística considera os resultados dos clubes nos últimos cinco anos no Campeonato Brasileiro. O campeão da Série A1 (primeira divisão), por exemplo, recebe 800 pontos. O vice leva 640 pontos, 40 a mais que o terceiro. Já o time vencedor da Série A2 (segunda divisão) ganha 400 pontos. Às pontuações, são atribuídos pesos. O desempenho mais recente (no caso, o de 2021) é multiplicado por cinco, o imediatamente anterior (2020) por quatro e assim sucessivamente até o quinto ano (2017).

O Avaí/Kindermann subiu do quinto para o terceiro lugar, com 8.632 pontos, ultrapassando Santos (que teve o peso do título nacional de 2017 reduzido) e Flamengo (que deixou de ter em conta na pontuação a conquista do Brasileiro de 2016). As Sereias da Vila, que estavam empatadas com as Rubro-Negras no ranking passado, ocupam a quarta posição de forma isolada (8.568), enquanto as cariocas estão em quinto (8.112). O São José segue em sexto (7.624).

A sequência do top-10 é toda nova se comparada a 2021, com as entradas, pela ordem, de Internacional, Minas Brasília, Grêmio e São Paulo. Atual vice-campeão brasileiro, o Palmeiras avançou dez posições na tabela e aparece em 11º, na cola do Tricolor Paulista. Iranduba (caiu de sétimo para 12º), Audax-SP (oitavo para 16º), Ponte Preta (nono para 13º) e Vitória (décimo para 14º) deixaram o grupo dos dez melhores clubes.

O calendário do futebol feminino brasileiro em 2022 será inaugurado com a primeira edição da Supercopa do Brasil, entre os dias 6 e 13 de fevereiro. A competição terá os confrontos revelados nesta segunda-feira (17), em cerimônia na sede da CBF, às 15h30 (horário de Brasília). O torneio reunirá Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Real Brasília e Esmac-PA.

 

Agência Brasil

Categorias
Destaque Esportes Futebol Notícias Rio

Em apresentação ao Flamengo, Paulo Sousa diz que quer fazer história

Da Agência Brasil

Depois de assinar contrato com o Flamengo no fim do ano passado, o técnico Paulo Sousa enfim foi apresentado como novo comandante do Rubro-Negro carioca nesta segunda-feira (10). Em entrevista coletiva no Centro de Treinamento (CT) do Ninho do Urubu, na zona oeste do Rio de Janeiro, o treinador firmou um compromisso de dois anos com a agremiação, e destacou a grandeza do clube como principal motivação para deixar o comando da seleção da Polônia.

“A razão foi a possibilidade de ganhar títulos e continuar a escrever outras páginas que fiquem bem marcadas. Quero estar presente na história do Flamengo. É uma oportunidade que não poderia deixar de ter”, ressaltou Sousa, de 51 anos.

O treinador ficou menos de um ano à frente da equipe polonesa, ante de deixá-la às vésperas da disputa da repescagem para a definição das últimas vagas europeias para a Copa do Mundo do Catar (a Polônia disputa um lugar com Rússia, Suécia e República Tcheca no fim de março).

O currículo de Sousa como técnico e jogador foi enaltecido pelo presidente do Flamengo, Rodolfo Landim. Atuando, Paulo Sousa foi um meia de destaque na década de 90, com passagens vitoriosas por Juventus e Borussia Dortmund. Já como treinador ele acumula trabalhos na Inglaterra, França, Itália e outros centros menores, como Hungria e Israel.

“Ele consegue congregar o espírito vencedor do Flamengo e, onde teve equipes competitivas, conseguiu vencer”, disse Landim.

Sousa tem como desafio retomar o caminho de vitórias alcançado recentemente por um compatriota que esteve à frente do Flamengo: Jorge Jesus, um dos mais cotados para assumir novamente a vaga antes do acerto do Rubro-Negro com Paulo Sousa.

A temporada do Flamengo começa oficialmente no dia 26 de janeiro, com a estreia no Campeonato Carioca, diante da Portuguesa, mas existe a expectativa de que o time não coloque força total nas primeiras partidas do ano, visando a preparação para Copa do Brasil, Libertadores e a Supercopa do Brasil, competições importantes com início também no primeiro semestre.

Categorias
Destaque Esportes Mundo Notícias Saúde

Djokovic afirma ter recebido autorização para entrar na Austrália

Da Agência Brasil

O número um do mundo do tênis Novak Djokovic disse em uma contestação legal neste sábado (8), após ter sido proibido de entrar na Austrália, que recebeu a isenção médica da vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) por ter contraído a doença no mês passado.

Em um processo antes de uma audiência na próxima segunda-feira (10) sobre o cancelamento de seu visto, Djokovic disse que recebeu a isenção dos organizadores do Aberto da Austrália, com uma carta de acompanhamento do Departamento de Assuntos Internos informando que ele tinha permissão para entrar no país.

O jogador sérvio, que espera ganhar o 21º Grand Slam de sua carreira, no decorrer do Aberto da Austrália, no final deste mês, está em seu terceiro dia de detenção de imigrantes em Melbourne – um caso que causou furor esportivo, político e diplomático.

Um oponente vocal dos mandatos da vacinação, Djokovic está confinado desde a última quinta-feira em um hotel modesto depois que seu visto foi cancelado devido a problemas com a isenção médica da exigência de imigração do país para a vacinação contra o novo coronavírus que apresentou.

O drama causou tensões entre a Sérvia e a Austrália e também se tornou um ponto crítico para os oponentes dos passaportes de vacina em todo o mundo.

“Expliquei que havia sido recentemente infectado com covid-19 em dezembro de 2021 e, com base nisso, tinha direito a uma isenção médica de acordo com as regras e orientações do Governo australiano”, disse Djokovic no processo sobre sua experiência de detenção no aeroporto de Melbourne.

Categorias
Destaque Esportes Futebol Mundo Notícias

Copa Africana de Nações enfrenta novos problemas por covid-19

Da Agência Brasil

Infecções pelo novo coronavírus (covid-19) causaram mais interrupções às preparações para a Copa Africana de Nações nesta quarta-feira (5), com a seleção de Senegal adiando seu embarque para o torneio e Camarões e Burkina Faso apresentando desfalques para o jogo de abertura no próximo domingo (9).

Cabo Verde e Tunísia também reportaram novos casos positivos de coronavírus e a Costa do Marfim precisou cancelar uma segunda partida de preparação em sua base de treinamento na Arábia Saudita.

Burkina Faso deixou três jogadores ainda em isolamento em Abu Dhabi antes de chegar em Yaounde para a partida contra Camarões no domingo.

Os jogadores Issoufou Dayo, Dramane Nikiema e Kylian Nikiema poderão viajar após testarem negativo, e provavelmente não estarão disponíveis para a partida de domingo, afirmaram as autoridades.

A seleção de Senegal sairia de Dacar na quarta-feira, mas a viagem foi adiada para que o elenco seja testado novamente após os meias Pape Matar Sarr, Nampalys Mendy e o atacante Mame Baba Thiam testarem positivo.

O secretário-geral da Federação de Futebol do Senegal, Victor Seh Cissé, disse que outros seis membros da equipe testaram positivo.

 

Categorias
Colunas Destaque Esportes Notícias Notícias do Jornal

Opinião: Mais uma vez o título da Libertadores deve ficar pelo Brasil

Por Guilherme Abrahão

A tendência é que mais uma vez o Brasil fique com o título da Copa Libertadores. Com a farra se tornou o número de vagas para  a competição, as equipes brasileiras acumulam mais dinheiro e chegam cada vez mais fortes para a disputa da maior competição continental das Américas. E entre os favoritos mais uma vez surgem Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG. Os dois primeiros são os últimos campeões da competição, com o Verdão batendo o Fla na decisão da última competição.

Pelo lado da Argentina, mesmo com muitas vagas, são três a menos que o Brasil. E os times argentinos chegam mais fragilizados. Se no Brasil as surpresas na competição ficam por conta de América-MG e Fortaleza – que dificilmente serão campeões – na Argentina apenas Boca Juniors e River Plate chegam com chances reais de título. O Estudiantes, um gigante, está na fase preliminar e o atual campeão argentino, Colón de Santa Fé, deve fazer apenas figuração.

No Brasil, além dos mais fortes times do país, o Red Bull Bragantino chega com força na competição. E força financeira. Comprado pela empresa austríaca, o Bragantino tem um sólido projeto de conquistar  América em poucos anos. Na sua primeira competição continental, já foi finalista da Copa Sul-Americana, perdendo para outro brasileiro, o Athletico-PR. O Furacão pode incomodar na Libertadores também. Finalista em 2005, a equipe já soma dois títulos sul-americanos e chega para fazer barulho. Quem sabe até ir mais longe do que o esperado.

O Corinthians é sempre muito forte. Apesar de estar atrás de Fla, Galo e Palmeiras, o Timão é outro que entra sonhando alto e em busca do bicampeonato. A força da torcida pode ser um diferencial para conduzir os paulistas. Por fim, o Fluminense não parece chegar tão forte. A equipe entrou na fase preliminar e quer ir mais longe do que em 2021, quando parou nas quartas de finais. A tendência mesmo, é a taça ficar novamente no Brasil.