Categorias
Brasil Destaque Esporte Esportes Futebol Notícias Notícias do Jornal

Brasil perde da Suécia, em último jogo antes da Copa América Feminina

Da Agência Brasil

A seleção feminina de futebol foi superada pela Suécia no segundo e último amistoso europeu de preparação para a Copa América. Nesta terça-feira (28), as brasileiras saíram na frente, mas não suportaram a pressão das anfitriãs e perderam de virada, por 3 a 1, na Friends Arena, em Estocolmo.

A técnica Pia Sundhage (que é sueca) fez mudanças em relação ao time superado pela Dinamarca, por 2 a 1, na última quinta-feira (24), em Copenhague. A lateral Fê Palermo, que atuou pela esquerda na capital dinamarquesa, foi para a lateral direita (antes ocupada por Letícia Santos), com Tamires assumindo o lado oposto. A volante Duda Santos deu lugar a Angelina, enquanto a meia Ary Borges entrou na vaga da atacante Bia Zaneratto.

Os primeiros 45 minutos foram de bastante equilíbrio, com o Brasil tendo as oportunidades mais claras. Aos 25, Tamires cruzou pela esquerda e acertou a trave. Nos acréscimos, aos 47 minutos, Adriana chutou da entrada da área, a goleira Hedvig Lindahl deixou a bola escapar e a também meia Kerolin quase completou para as redes.

As brasileiras mantiveram a postura na volta do intervalo e não demoraram a abrir o placar. Aos quatro minutos, Angelina lançou Fê Palermo pela direita. A lateral esticou para Debinha, que invadiu a área e bateu no canto de Lindahl.

O gol modificou o cenário da partida, com o Brasil se fechando para sair nos contra-ataques e dando campo à Suécia, que passou a pressionar. O recuo brasileiro se mostrou excessivo e as anfitriãs tomaram a dianteira no marcador. Aos 19 minutos, a meia Johanna Kaneryd tomou a bola próxima à área, driblou a zagueira Rafaelle e bateu na diagonal para empatar o jogo. Dois minutos depois, a lateral Jonna Andersson cruzou pela direita e a atacante Lina Hurtig cabeceou sem chances para Lorena.

Mais inteiras, as suecas continuaram a comandar as ações ofensivas e ampliaram aos 43 minutos. A atacante Stina Blackstenius recebeu nas costas da zaga e tocou por cobertura, na saída de Lorena, fazendo um golaço. As europeias quase marcaram o quarto nos acréscimos, com a zagueira Magdalena Ericsson finalizando na pequena área, para grande defesa da goleira brasileira.

O próximo compromisso do Brasil será a Copa América, na Colômbia. A estreia será no próximo dia 9 de julho, contra a Argentina. As brasileiras estão no Grupo A, com sede na cidade de Armenia, ao lado de Uruguai, Venezuela e Peru. As três melhores equipes da competição vão à Copa do Mundo do ano que vem, em Austrália e Nova Zelândia. O campeão assegura vaga na Olimpíada de Paris (França), em 2024.

Categorias
Destaque Esporte Esportes Futebol Notícias Rio

Botafogo estreia na Copa do Brasil diante do Ceilândia

Dá Agência Brasil

O Botafogo estreia na atual edição da Copa do Brasil nesta quarta-feira (20), quando enfrenta o Ceilândia a partir das 21h30 (horário de Brasília) no estádio Mané Garrincha pela terceira fase da competição nacional.

O Alvinegro, que vive uma maré de euforia desde a chegada dos primeiros reforços após os investimentos feitos pelo empresário norte-americano John Textor, vem de vitória pelo Campeonato Brasileiro, de 3 a 1 sobre o Ceará em pleno estádio do Castelão.

Agora, pela Copa do Brasil, o torcedor botafoguense tem a possibilidade de ver em ação algumas das caras novas que acabaram de chegar, como o meia-atacante Lucas Fernandes, o atacante Gustavo Sauer e o meio-campista Tchê Tchê.

Porém, o técnico Luís Castro tem três desfalques certos para o confronto com o Ceilândia: o goleiro Gatito Fernández, com dores no joelho direito, e o zagueiro Victor Cuesta e o volante Luís Oyama, que não podem jogar por já terem defendido outras equipes na atual edição da competição.

Se o Botafogo estreia na Copa do Brasil apenas na terceira fase, por chegar na condição de campeão da Série B do Brasileiro, o Ceilândia disputou as duas fases anteriores da competição, deixando para trás o Avaí (na segunda fase) e o Londrina (na primeira).

Botafogo e Ceilândia disputam a partida de volta no dia 12 de maio, a partir das 21h30, no estádio Nilton Santos.

Categorias
Destaque Esporte Esportes Futebol Notícias Rio

Libertadores: Flamengo encara o Talleres da Argentina no Maracanã

Dá Agência Brasil

O Flamengo entra em campo, nesta terça-feira (13) contra o Talleres (Argentina) no Maracanã, pela segunda rodada da Copa Libertadores da América. Tanto o Rubro-negro carioca, quanto o clube argentino da cidade de Córdoba venceram seus respectivos jogos de estreia pelo Grupo H.

O duelo, tem inicio às 21h30.

O Flamengo vem de empate em 1 a 1 contra o Atlético-GO na estreia do Brasileirão no último sábado (9) e no primeiro jogo pela Libertadores derrotou fora de casa o Sporting Cristal (Peru) por 2 a 0. Mesmo assim, Paulo Sousa segue contestado pela torcida, que comprou antecipadamente 35 mil ingressos para o embate desta noite.

O Mais Querido pode finalmente ter a estreia do goleiro Santos, além do retorno de Filipe Luís.

“É um jogo pra decidir quem assume a liderança do grupo, além de ser um passo importante para a sequência”, analisou o jogador recém-contratado junto ao Athlético-PR e que ficou na reserva de Hugo nas últimas duas partidas.

O provável Flamengo desta noite é Santos no gol. A trinca da defesa tem Filipe Luís, David Luis e Wilian Arão. No meio de campo: Tiago Maia, João Gomes, Arrascaeta e Lázaro; no ataque: Bruno Henrique, Mateuzinho e Gabriel Barbosa.

Os argentinos do Talleres também são treinados por um técnico português, Pedro Caixinha. É a terceira participação do Talleres na história da Libertadores, que estreou na edição deste ano vencendo a Universidad Católica (Chile) por 1 a 0.

Categorias
Brasil Destaque Esporte Esportes Futebol Notícias

Vasco, Bahia e Cruzeiro estreiam na abertura da Série B do Brasileiro

Dá Agência Brasil

A noite é de abertura da edição de 2022 da Série B do Campeonato Brasileiro, com jogos de quatro clubes que já foram campeões da Série A: Vasco (quatro vezes), Bahia (duas) e Cruzeiro (quatro) e Guarani (uma). A partir das 19h (horário de Brasília) desta sexta (8), o Cruzmaltino recebe o Vila Nova, no Rio de Janeiro, e o Brusque encara o Guarani, em Florianópolis. Fechando a noite, a partir das 21h30, o Tricolor baiano mede forças com a Raposa, em Salvador.

A disputa da segunda divisão, com 20 clubes ao todo, promete ser um dos mais acirradas dos últimos anos. No sábado (9), o bicampeão brasileiro Grêmio entra em campo contra a Ponte Preta, às 16h30, em Campinas (SP), e o Sport – que faturou o título da Série A em 1987 – faz o clássico nordestino da rodada, contra o Sampaio Correa, em Recife, a partir das 18h30.

Chegar ao final do campeonato entre os primeiros quatro colocados (G4) garante o retorno dos clubes à elite do futebol nacional no ano que vem. Já quem terminar na zona de rebaixamento (Z4), cairá para a Série C do Brasileiro em 2023.

Categorias
Destaque Esporte Esportes Futebol Notícias Rio

Em momento conturbado, Flamengo estreia na Copa Libertadores

Dá Agência Brasil

O Flamengo inicia sua caminhada na edição 2022 da Copa Libertadores, a partir das 21h30 (horário de Brasília) da noite desta terça-feira (5) contra o Sporting Cristal (Peru) pelo Grupo H. Mas a partida, que era para ser um motivo de festa, será disputada em meio a questionamentos ao trabalho do técnico português Paulo Sousa, criticado pela torcida após levar a equipe ao segundo vice-campeonato da temporada.

Em um contexto tão negativo, um bom início será fundamental para afastar o fantasma de mais um fracasso na temporada (o Rubro-Negro também foi vice-campeão da Supercopa do Brasil diante do Atlético-MG). E o próprio Paulo Sousa, em entrevista coletiva, deixou claro que espera um desfecho positivo na competição sul-americana: “Teremos uma nova competição e queremos chegar a mais uma final. E de uma forma diferente das outras duas. Nessa final, merecemos mais do que conseguimos”.

Porém, o treinador português tem problemas para armar sua equipe. O primeiro é a ausência do seu principal jogador de criação, o uruguaio Giorgian De Arrascaeta, que permaneceu no Rio de Janeiro para tratar de uma lesão no tornozelo esquerdo. Quem também não seguiu para o Peru foi o chileno Isla, por causa de dores musculares.

Uma dúvida é o zagueiro Fabrício Bruno, que, se recuperando de uma lesão no pé esquerdo, fez uma atividade separada na última terça (4). Desta forma o Flamengo deve entrar em campo com a seguinte formação: Hugo; Gustavo Henrique (Fabrício Bruno), David Luiz e Filipe Luís; Matheuzinho (Rodinei), Arão (Thiago Maia), Gomes e Lázaro; Everton Ribeiro, Gabriel Barbosa e Bruno Henrique.

Categorias
Destaque Esporte Esportes Futebol Mundo Notícias

Mais de 800 mil ingressos são comprados para Copa do Catar em 1ª leva

Dá Agência Brasil

Torcedores compraram 804.186 ingressos para partidas da Copa do Mundo no Catar no final deste ano na primeira fase de vendas, disse a Fifa nesta quarta-feira (30).

A Fifa informou que o interesse pelos ingressos veio principalmente de Catar, Estados Unidos, Inglaterra, México, Emirados Árabes Unidos, Alemanha, Índia, Brasil, Argentina e Arábia Saudita.

Os ingressos para o jogo de abertura em 21 de novembro – que contará com o anfitrião Catar – assim como a final, em 18 de dezembro, foram as partidas mais procuradas.

O sorteio da Copa do Mundo, onde as seleções serão divididas em grupos, será realizado na sexta-feira (1º de abril)

A Fifa acrescentou que os torcedores que não tiveram sucesso na primeira fase de vendas terão outra chance de se inscrever durante o próximo período de vendas em seu site em 5 de abril.

Categorias
Brasil Destaque Esporte Esportes Futebol Notícias

Com novidades na escalação, Brasil enfrenta Chile pelas Eliminatórias

Dá Agência Brasil

Já classificado para a Copa do Mundo de 2022 (Catar), o Brasil enfrenta o Chile, a partir das 20h30 (horário de Brasília) desta quinta-feira (24) no estádio do Maracanã, pelas Eliminatórias. A partida deve ser a última da seleção brasileira diante de sua torcida, isto porque os jogos preparatórios para o Mundial serão realizados fora do país.

A equipe comandada pelo técnico Tite lidera as Eliminatórias Sul-Americanas com 39 pontos, cinco à frente da Argentina, segunda colocada. Já o Chile aparece em sexto lugar, com 19 pontos, três atrás do Uruguai, quarto colocado, que fecha a zona de classificação direta ao Mundial. A quinta posição, que dá vaga à repescagem, é ocupada pelo Peru, com 21 pontos.

Experiências no Brasil

Em situação tão confortável, o técnico Tite aproveitará a partida para fazer algumas experiências. No ataque, por exemplo, ele abriu mão de ter um jogador com características de centroavante, que permanece mais fixo na frente, para permitir que Neymar e Lucas Paquetá se revezem na referência nas ações ofensivas, ocupando a faixa central do ataque.

“Particularmente, não gosto de usar falso 9. Ele [Neymar] é um verdadeiro, é um atacante, com liberdade criativa. […] O Neymar tem uma estrutura há bastante tempo na seleção brasileira para potencializar a criatividade dele. Cada um trabalha um pouco setorizado para que ele possa, nos seus setores, ter a criatividade, essa chegada. […] O Paquetá, por exemplo, joga de penúltimo atacante, de 9 também. No último jogo aconteceu uma substituição e ele jogou de 9, no Flamengo também jogou de 9. São jogadores versáteis, que se adaptam”, afirmou o comandante do Brasil.

Outra experiência no ataque é a entrada de Antony em uma das pontas. O atacante do Ajax (Holanda) atuou sete vezes e marcou dois gols, mas sempre saindo do banco. Já na lateral esquerda quem ganha uma oportunidade é Guilherme Arana. A expectativa é que o jogador do Atlético-MG receba liberdade para avançar e para colocar em prática uma de suas principais características, o apoio.

Com isso, a escalação inicial do Brasil deve ser a seguinte diante dos chilenos: Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Guilherme Arana; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Antony, Neymar e Vinícius Júnior.

Vitória com bom futebol

Porém, mesmo com as experiências, o técnico Tite afirma que sua equipe buscará a vitória, de preferência com uma boa atuação: “Tomara que tenhamos competência para sair [de campo] com uma boa apresentação, [alcançando um] bom resultado, [com] sintonia, [e] uma energia legal. É isso que buscamos, esse é o nosso desafio, a pressão que temos”.

Categorias
Destaque Esporte Futebol Notícias Rio

Vasco e Flamengo se enfrentam em busca de vaga na final do Carioca

Dá Agência Brasil

A fase final do Campeonato Carioca terá seu primeiro capítulo na noite desta quarta-feira (16), com o jogo entre Vasco e Flamengo disputado a partir das 20h (horário de Brasília) no estádio do Maracanã.

O Rubro-Negro chega às semifinais da competição com uma pequena vantagem na partida. Por causa da melhor campanha na primeira fase, ele avança para a decisão mesmo com empates nas duas partidas. A volta será no próximo domingo (20), a partir das 16h.

Além da possibilidade de avançar mesmo sem vitórias, o Flamengo chega animado após a sua melhor apresentação pelo Campeonato Carioca, a goleada de 6 a 0 sobre o Bangu no último sábado (12), partida que marcou o reencontro da equipe da Gávea com sua torcida no Maracanã (com um público de mais de 63 mil pessoas).

A expectativa para esta quarta é que o Maracanã volte a ter casa cheia, desta vez também contando com a presença da torcida Cruzmaltina, como afirma o zagueiro vascaíno Quintero: “É muito importante para nós esse 12º jogador fora de campo. Amo jogar para 50, 60 mil pessoas. O grupo tem essa mentalidade, percebemos o torcedor vibrando toda hora. Tem vezes em que as pernas não dão mais, mas a cabeça está focada. É muito importante para nós esse jogador 12º jogador fora do campo”

Porém, o Vasco vive momento bem diferente do de seu adversário. Após a eliminação da Copa do Brasil, ainda na 2ª fase da competição nacional, é pressionado para alcançar um título que possa servir de motivação em uma temporada na qual o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro é o objetivo principal.

Categorias
Destaque Futebol Notícias Rio

Com novo gramado, Maracanã reabre sábado com Flamengo x Bangu

Dá Agência Brasil

O Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, vai reabrir neste sábado (12) para o duelo Flamengo x Bangu pelo Campeonato Carioca. Em virtude da reforma do gramado, o estádio ficou por quase três meses fechado. O novo campo do Maraca agora é híbrido: 90% dele é de grama natural e o restante de fibra sintética. Outra novidade está nos gols, com a volta da famosa rede véu da noiva, que estufa quando os jogadores acertam a bola no alvo.

A primeira partida de 2022 no estádio promete ter casa cheia: mais de 50 mil ingressos já foram vendidos. Será a última rodada da Taça Guanabara, antes dos jogos das semifinais do Cariocão semana que vem. Já classificado à semi, o Rubro-Negro ocupa o segundo lugar da tabela com 23 pontos. Já Bangu é o 10º colocado, com nove pontos.

Quem quiser saber mais sobre a história do Maracanã, inaugurado em 1950 para a Copa do Mundo no Brasil, pode visitar a exposição virtual do Arquivo Nacional “Histórias do Maracanã antigo”.

Categorias
Ação Solidária Destaque Diário do Rio Doação Esporte Esportes Fazendo a Diferença Futebol Notícias Notícias do Jornal Rio

Ação solidária em Santa Cruz

Ontem(5), a equipe do Jornal DR1 esteve em Santa Cruz visitando o Nacional Sport Clube, e auxiliando na doação de quentinhas às pessoas em situação de rua. As refeições foram preparadas pelo Instituto Corrente Humanitária na quadra do Bloco Vai Quem Quer, presidido pelo colaborador Ismael David.

Representando a equipe DR1 estiveram presentes: a diretora-geral Ana Cristina Campelo, o diretor Carlos Augusto Aguiar colaboradores Vítor Chimento, David Antunes e a advogada Eliane Lorega.

Juntamente com Valdeck Lima e Vanilson Branco presidente e vice-presidente do Nacional, craques em praticar a solidariedade, as refeições foram distribuídas e a ajuda ao próximo foi um gol de placa, sem interesses ou esperando troca de favores, apenas fazendo o que deve ser feito.

Mudar a realidade de crianças e adolescentes através do futebol. Esse é o propósito do Nacional Sport Clube, time amador fundado em 1987 em Santa Cruz, no Rio. Nos 35 anos de história, muitos jovens tiveram suas vidas transformadas depois de passarem pela equipe.

Administrado com amor por Valdeck de Lima e Vanilson Branco, o Nacional foi a primeira casa de ninguém menos do que o zagueiro do Chelsea, da Inglaterra, e da Seleção Brasileira, Thiago Silva. Foi nos campos de terra da Urucânia que o Monstro deu seus primeiros passos no futebol para se tornar um dos maiores da história da zaga brasileira. Thiago é nome certo para a Copa de 2022 no Catar, e sempre que pode vem visitar os amigos em Santa Cruz e, claro, o Nacional.

Quem também teve seu futebol plantado e regado pelo Nacional foi o atacante do Flamengo, André Silva, no inicio de 2019 o jovem atleta estava no quadro de atletas do projeto, quando foi garimpado pelo America-RJ e hoje veste a camisa do rubro-negro carioca.

Atualmente, o projeto conta com mais de 50 crianças, dos 10 aos 17 anos e que possuem o sonho de mudar sua vida através do esporte. Muitos garotos passam por peneiras e testes por diversos clubes do Rio de Janeiro e do Brasil para conseguir atingir o objetivo de se tornar um atleta profissional. Além disso, o Nacional promove lazer para os garotos com passeios para praias com muita diversão, além de observar de perto os estudos da meninada.

Em dezembro o Jornal DR1 acompanhou o Nacional na disputa da Copa Zico de 2022, o clube caiu nas quartas-de-final, porém o projeto segue sendo campeão na solidariedade e na ajuda das crianças de entrarem no caminho do esporte e manter vivo o sonho de ser jogador de futebol.

No seu escritório, o Nacional Sport Clube possui uma dezena de troféus conquistados nestes 35 anos de existência. O clube amador é um dos mais conhecidos da Zona Oeste Carioca e está sempre participando de campeonatos que promovem o desenvolvimento dos jovens para seu futuro profissional.

Em dezembro de 2021, a equipe através de Vanilson Branco, um dos comandantes do Nacional, presentou o craque e um dos maiores ídolos do Flamengo com o unifome personalizado, além do número 10, eternizado pelo Galinho, o Zico.