Categorias
Brasil

Gilberto sofre ataque homofóbico por conselheiro do Sport Club

*Por Fabiana Santoro

O ex-BBB Gilberto Nogueira foi alvo de um ataque homofóbico do conselheiro do Sport Club do Recife. Foram vazados áudios de Flávio Koury criticando Gilberto por um vídeo no estádio do time. Os áudios foram enviados em um grupo no WhatsApp e viralizaram, nesta sexta-feira (14).

O vídeo em questão mostrava o doutorado em economia, Gilberto Nogueira dançando “tchaki tchaki”, coreografia que virou sua marca no BBB, no gramado do estádio do clube. O conselheiro do clube pernambucano, Flávio Koury afirmou: ‘1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem viado’.

“1,2 milhões de visualizações. Arretado. 1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem viado, só tem puto, só tem galinha, só tem bicha. É bom, muito bom, um marketing arretado. Vai vender a camisa, rapaz. A viadagem todinha vai comprar, vai ser lindo”, disse Flávio Houry, na gravação vazada.

Gilberto se posicionou nas redes sociais demostrando sua tristeza com as faladas de Flávio. Confira:

“Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca MUITO! Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo…… É muita dor!”, postou no Twitter.

Com isso, a hashtag #GilMereceRespeito entrou nos assuntos mais comentados do Twitter e os internautas pediram a exclusão de Koury do Conselho do Sport.

Em responda às críticas do conselheiro Romero Albuquerque entrou com um requerimento para a expulsão de Flávio e classificou a fala do integrante como homofóbica.

“O que eu disse é que eu não gosto é de putaria e não gosto mesmo não. Vocês tratem de não querer botar palavra na minha boca. Não admito isso”, respondeu Flávio Koury.