Categorias
Brasil

Gilberto sofre ataque homofóbico por conselheiro do Sport Club

*Por Fabiana Santoro

O ex-BBB Gilberto Nogueira foi alvo de um ataque homofóbico do conselheiro do Sport Club do Recife. Foram vazados áudios de Flávio Koury criticando Gilberto por um vídeo no estádio do time. Os áudios foram enviados em um grupo no WhatsApp e viralizaram, nesta sexta-feira (14).

O vídeo em questão mostrava o doutorado em economia, Gilberto Nogueira dançando “tchaki tchaki”, coreografia que virou sua marca no BBB, no gramado do estádio do clube. O conselheiro do clube pernambucano, Flávio Koury afirmou: ‘1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem viado’.

“1,2 milhões de visualizações. Arretado. 1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem viado, só tem puto, só tem galinha, só tem bicha. É bom, muito bom, um marketing arretado. Vai vender a camisa, rapaz. A viadagem todinha vai comprar, vai ser lindo”, disse Flávio Houry, na gravação vazada.

Gilberto se posicionou nas redes sociais demostrando sua tristeza com as faladas de Flávio. Confira:

“Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca MUITO! Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo…… É muita dor!”, postou no Twitter.

Com isso, a hashtag #GilMereceRespeito entrou nos assuntos mais comentados do Twitter e os internautas pediram a exclusão de Koury do Conselho do Sport.

Em responda às críticas do conselheiro Romero Albuquerque entrou com um requerimento para a expulsão de Flávio e classificou a fala do integrante como homofóbica.

“O que eu disse é que eu não gosto é de putaria e não gosto mesmo não. Vocês tratem de não querer botar palavra na minha boca. Não admito isso”, respondeu Flávio Koury.

 

 

 

Categorias
Destaque TV & Famosos

Xuxa defende Thammy Miranda e critica Silas Malafaia: ‘Deveria ser preso’

A apresentadora Xuxa Meneghel se sentiu incomodada com a confusão envolvendo Thammy Miranda com o pastor Silas Malafaia e usou as redes sociais na noite de hoje para prestar apoio ao artista. A rainha dos baixinhos foi até o Instagram do colunista Léo Dias ver o vídeo de Thammy Miranda pedindo para o pastor ter ‘mais amor’, escreveu que a ‘única linguagem que Deus entende e aceita é o amor’ e disse que Malafaia e todos que usam o nome de Deus para cometem crime de homofobia ‘deviam estar presos’

Categorias
TV & Famosos

“Fui errada e preciso melhorar”, diz Marília Mendonça ao se desculpar após fala transfóbica

A cantora Marília Mendonça, 25, teve de ir às redes sociais na manhã desta segunda-feira (10) para pedir desculpas por um comentário rotulado como transfóbico por parte dos seguidores. Em sua live no último sábado (8), ela fez uma piada sobre a ida de um colega músico a uma boate LGBT.

Na ocasião, deu a entender que ele teria ido se encontrar com uma possível mulher trans. “Ele disse que lá foi o lugar em que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele. É só isso. O contexto vocês não vão saber”, disse ela para a risada da banda toda. “Era mulher mesmo”, respondeu o músico que teria ido ao local.

No Twitter, Marília se desculpou. “Pessoal, aceito que fui errada e que preciso melhorar. Mil perdões. De todo o coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei”, escreveu ela, que não vai mais comentar o tema.

Na internet, muita gente se sentiu ofendida com o comentário. “Marília Mendonça sendo transfóbica. Se o conhecido dela foi e beijou uma trans, fez muito bem”, disse um seguidor. “Até quando o ato de se relacionar com uma trans vai ser piada?”, indagou outro.